Libertadores 2016 deve apresentar mudanças na regra do sorteio de grupos

Libertadores 2016 deve apresentar mudanças na regra do sorteio de grupos

Por Meu Timão

10 mil visualizações 85 comentários Comunicar erro

Corinthians disputará mais uma Libertadores em 2016

Corinthians disputará mais uma Libertadores em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Se o campeonato terminasse hoje, mantendo-se os times que estão no G4, apenas o Grêmio poderia cair na chave do Timão na primeira fase da Libertadores 2016. Tudo graças ao novo método para o sorteio, definido pela Conmebol.

A entidade pretende criar um ranking para definir quem serão os cabeça de chave de cada grupo. Embora a ideia seja combinar alguns critérios, o principal deles será os títulos conquistados na competição nos últimos dez anos.

Entre as equipes brasileiras no G4, apenas o Grêmio não levou o título no período. Além do Grêmio, o Corinthians também poderia cruzar um outro brasileiro: o rival Palmeiras. Se a combinação ocorresse, o Timão veria a repetição da última edição, quando enfrentou o São Paulo na fase de grupos.

Para repetir 2015, porém, a única possibilidade seria a vitória do Palmeiras na Copa do Brasil. Isso porque, se levar o título, ao contrário do que acontecia até o ano passado, o time alviverde não será cabeça de chave.

Veja Mais:

  • Caetano (à dir.) está relacionado para a partida ante o Vasco

    Sem Carlos, Jair recorre a titular do Sub-20 para 'final' contra o Vasco

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez sabe dos números ruins de Jair Ventura, mas evita falar em troca de treinador

    Diretoria do Corinthians quer fim da tensão no BR-18 para confirmar Jair; cobrança aumentará

    ver detalhes
  • Fiel volta à Arena Corinthians neste sábado, às 19h

    Botafogo vence Chapecoense, e Corinthians mantém distância do Z4; veja tabela

    ver detalhes
  • Timão avança à decisão com duas vitórias sobre o São José

    Corinthians repete placar e vai à quarta final consecutiva da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes