Acusado de executar membros da Pavilhão 9 não tem habeas corpus aceito

Acusado de executar membros da Pavilhão 9 não tem habeas corpus aceito

Por Meu Timão

O policial Walter Pereira da Silva Junior continua preso.

O policial Walter Pereira da Silva Junior continua preso.

O policial Walter Pereira da Silva Junior, acusado de ter participado da chacina na quadra da torcida organizada Pavilhão 9, teve o pedido de habeas corpus indeferido. Junto do ex-policial Rodney Dias dos Santos, ele é acusado pela Justiça de ter atirado em oito torcedores dentro da sede social da torcida.

A justificativa para a negativa da Justiça seria o risco que o policial pode trazer à sociedade, caso seja solto. "A gravidade concreta do delito, consubstanciada no modus operandi, evidencia exacerbada periculosidade e reprovabilidade social do paciente, assim suficientes para caracterização da necessária garantia da ordem pública".

A chacina aconteceu no dia 18 de abril deste ano. Três homens invadiram a sede social da Pavilhão 9 e o alvo seria o integrante Fabio Neves Domingos (que já havia sido preso no caso Oruro em 2013, na morte do garoto Kevin Espada), no qual teria uma divida de droga com os policiais.

Os torcedores mortos eram Ricardo Junior (34 anos), André Luiz Santos de Oliveira (29 anos) Mateus Fonseca de Oliveira (19 anos) anos, Jhonatan Fernando Garzillo (21 anos), Marco Antônio Corassa Junior (19 anos), Mydras Schmidt (38 anos), Jonathan Rodrigues do Nascimento (21 anos) e o Fabio Neves Domingos (34 anos). O zelador que presenciou a cena, contou que os policiais o enrolaram em uma bandeira e o colocaram ao lado dos torcedores mortos, e que só não mataram ele porque era um prestador de serviços.

Veja Mais:

  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes