Site da CBF relembra 'Capita' e destaca jogador como um dos heróis da Copa do Brasil

Site da CBF relembra 'Capita' e destaca jogador como um dos heróis da Copa do Brasil

Por Meu Timão

William foi destaque no site da CBF

William foi destaque no site da CBF

Foto: Foto Arena

Qual corinthiano que não se lembra de William? O zagueiro que marcou época em um time que tinha Ronaldo, foi lembrando pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nessa sexta-feira como um dos heróis da história da Copa do Brasil.

Por meio de um texto publicado em seu site oficial, a entidade exaltou a qualidade e a liderança do ex-zagueiro a frente do Corinthians na disputa da Copa do Brasil de 2009. O texto também destacou as atuações do xerife na partida final, parando o Internacional de D'Alessandro, Nilmar e Tite.

Atualmente atuando como comentarista nos jogos da TV Globo, William falou sobre o time do Corinthians que, segundo ele, serviu de base para as equipes que conquistaram títulos grandes nos anos seguintes, como o Mundial de Clubes.

"Aquela conquista começou quando estávamos na segunda divisão. Foi um ano em que as decisões mais difíceis foram tomadas, mas que se mostraram acertadas. Ali o clube foi estruturado para que nos anos seguintes tivesse a oportunidade de brigar por grandes títulos", disse o ex-zagueiro.

Em uma das passagens, o texto cita a discussão que o ex-zagueiro teve com o argentino D'Alessandro. O destaque é para a tranquilidade que o capitão corinthiano teve para desestabilizar o principal jogador do Internacional.

"À medida que eu ia escutando tudo, meu papel era conversar com o Cristian. Quando abrimos 2 a 0, ele parou de falar. Depois do empate do Inter, o Cristian foi substituído e demorou a sair de campo. O D'Alessandro tentou levantar ele, gerou uma confusão muito grande e foi expulso. Nem percebi, mas comecei a rir naquele momento e ele, que tinha deixado o time na mão, tentou levar alguém com ele", completou.

O "capita", como era chamado pelos torcedores, chegou ao Corinthians no começo de 2008 para a disputa da Série B. Ele já havia sido homem de confiança do Mano Menezes quando atuava pelo Grêmio e chegou no Timão para ser o líder do time recém-formado, formando dupla com Chicão por quase três anos.

Além da Copa do Brasil, William ainda ganhou pelo Timão a Segunda Divisão e o Campeonato Paulista (esse de forma invicta). Ao todo ele atuou em 160 jogos pelo Corinthians, marcando quatro gols. Se despediu dos gramados em 2010, após o jogo contra o Goiás no Pacaembu.

Confira a publicação da CBF no site oficial sobre William

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes