Walter aceita reserva e descarta sair do Corinthians: 'Sofri bastante em times pequenos'

Walter aceita reserva e descarta sair do Corinthians: 'Sofri bastante em times pequenos'

Por Meu Timão

Walter comentou seu momento no Corinthians

Walter comentou seu momento no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No Corinthians desde 2013, Walter teve apenas 30 oportunidades pelo clube. Reserva de Cássio, porém, o goleiro diz não se incomodar com a condição, apesar de procurar seu espaço no Timão.

"Claro que não, o Cássio vive uma fase excepcional e já deveria ter ido antes para a Seleção. Estou fazendo meu trabalho, busco meu espaço. Procuro entrar a cada jogo da melhor forma possível para que não sintam a falta dele dentro de campo. Procuro fazer meu melhor e ajudar o Cássio todos os dias", disse Walter, em coletiva de imprensa no CT Dr. Joaquim Grava.

Quanto questionado se preferia ser titular em outro clube, ainda assim, continuou mostrando sua preferência pelo clube do Parque São Jorge. "Pretendo continuar aqui, estou muito feliz. Claro que quero estar jogando, mas pretendo ficar o maior tempo que conseguir. É manter o foco sempre aqui, mas se pintar algo, vamos conversar também", considerou.

"Sofri bastante em times pequenos, com rebaixamentos, não é fácil para ninguém. Foi uma luta imensa para chegar até aqui, dá para escrever um livro. Em 2012 acabei rebaixado pelo XV de Jaú da Série A-3 para a B. Penso em colocar comida dentro de casa, ter o que comer", acrescentou Walter.

Com Cássio, Walter, Matheus Vidotto e Caíque, o Corinthians ainda deve trazer mais um goleiro ao clube em 2016: Douglas Friedrich, do Bragantino, deve ser um dos reforços para a próxima temporada. Mas para Walter, até mesmo a contratação de um novo atleta para a posição não forçará a saída de algum profissional do Timão.

"Acho que não, o Matheus Vidotto acabou de renovar contrato, o Caíque foi campeão de tudo na base. Douglas vem para ajudar. Eu o conheço, então vamos esperar e seguir o trabalho", concluiu.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes