Corinthian-Casuals volta ao Brasil em busca de 'final feliz' para filme e clube

Corinthian-Casuals volta ao Brasil em busca de 'final feliz' para filme e clube

Por Meu Timão

Chris Watney, produtor e ex-jogador do Casuals, entrevistando Edu Gaspar

Chris Watney, produtor e ex-jogador do Casuals, entrevistando Edu Gaspar

Foto: Meu Timão

Realizadas pelos ingleses do Corinthian-Casuals, as gravações do filme "Vai Corinthians" estão sendo finalizadas neste momento no aqui no Brasil. Dividido em três partes, o documentário conta a historia do Casuals desde o início - em 1882, quando eles eram o melhor clube de futebol do mundo - até os dias de hoje, quando o clube conta com jogadores não profissionais, que trabalham como taxistas, operários de construção civil, professores, designers, etc.

Com participação dos corinthianos Edu Gaspar, Danilo, Cássio e Tite, o filme "Vai Corinthians" já conta também o depoimento de Joseph Blatter (ex-presidente da Fifa), Michael Owen (ex-atacante da Inglaterra), Paul Clement (assistente do Real Madrid e ex-jogador do Casuals) e Martin Tyler (principal narrador do game FIFA e também ex-atleta do clube) entre outros.

Segundo Chris Watney, ex-jogador do time e diretor de marketing do Casuals - que agora também acumula a função de produtor - a intenção do documentário é arrecadar fundos para salvar o clube de uma crise financeira, dando um final feliz à quarta visita do clube inglês ao Brasil.

Com a ajuda de voluntários, dinheiro emprestado de amigos e parentes, Chris conta que está trabalhando exclusivamente no filme há 2 anos, sem receber pagamento. Antes do lançamento, previsto em junho de 2016, o clube procura por um patrocinador para ser o herói do filme, salvar o clube.

"Nosso maior medo é, que, até o momento de lançarmos o filme - o Casuals corre risco de não mais existir. Imagine um filme que fale sobre uma história tão bonita, ser lançado pouco depois do fim dessa história. Estamos procurando um final feliz para essa história", falou Watney.

No documentário, os torcedores irão conhecer um pouco mais da história do clube que inspirou não só o Corinthians, mas também mudou o futebol no Brasil ao ceder as bolas que Charles Miller, ex-jogador do Corinthian inglês, trouxe ao país quando voltou da Inglaterra.

Veja Mais:

  • Equipe superou o erro da arbitragem e venceu clássico com um a menos

    Épico! Histórico! Na raça! Corinthians supera lambança da arbitragem e vence o Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Victor Hugo, do Palmeiras, deu uma cotovelada no rosto de Pablo, do Corinthians

    Sem bola, Victor Hugo dá cotovelada em rosto de Pablo

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto deixa a Arena Corinthians de terno e gravata

    Com lágrima no olho, árbitro assume erro com Gabriel: 'Só peço que minha carreira não acabe'

    ver detalhes
  • TV fez leitura labial do quarto árbitro

    TV faz leitura labial de quarto árbitro: 'Não foi o Gabriel'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes