Clubes paulistas se unem em manifesto por reorganização da CBF

Clubes paulistas se unem em manifesto por reorganização da CBF

Por Meu Timão

6.7 mil visualizações 66 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade se uniu a outros presidentes de clubes paulistas

Roberto de Andrade se uniu a outros presidentes de clubes paulistas

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os presidentes do Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Bragantino, Ponte Preta e Oeste, se reuniram na última segunda-feira, na FPF (Federação Paulista de Futebol), em prol de mudanças na CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Por meio de uma nota oficial, divulgada pela própria Federação e pelos clubes envolvidos, a FPF alegou que "Unido, o futebol paulista reivindica que a gestão da CBF conduza um processo de transição para mudanças profundas no modo de administrar o futebol".

Buscando maior participação no âmbito do futebol nacional, os grandes paulistas das Séries A e B ainda afirmaram que "chegou a hora de os clubes assumirem o protagonismo dentro da CBF" - a cobrança é para que a organização dos campeonatos nacionais fiquem sob a responsabilidade da Comissão de Clubes da CBF, bem como a elaboração de um calendário novo e a condução de negociações comerciais e de marketing dos torneios.

O pedido surge em meio aos recentes escândalos envolvendo nomes representativos do futebol sul-americano, atingindo até mesmo Marco Polo Del Nero, ex-presidente da CBF e ex-mandatário da FPF.

Confira a nota oficial da FPF na íntegra

Nós, presidentes da Federação Paulista de Futebol, de Bragantino, Corinthians, Oeste, Palmeiras, Ponte Preta, Santos e São Paulo, após reunião nesta segunda-feira (7), entendemos, em conjunto, que chegou a hora de os clubes assumirem o protagonismo dentro da CBF.

Unido, o futebol paulista reivindica que a gestão da CBF conduza um processo de transição para mudanças profundas no modo de administrar o futebol. Este, na nossa visão, esgotou-se e precisa ser reconfigurado, como ficou evidente após os recentes escândalos no nosso esporte.

A primeira medida que será cobrada prevê que a Comissão de Clubes da CBF comande efetivamente a organização das Séries A, B, C e D do Brasileiro.

Defendemos que deve caber a esta comissão atuar de forma direta na elaboração do calendário do futebol nacional, na condução de todas as negociações comerciais e de marketing que envolvam os campeonatos brasileiros, além de promover mudanças no atual modelo de arbitragem.

Alinhados, cobraremos atitudes coerentes com estes princípios de quem quer que esteja no comando da CBF em 2016.

Reinaldo Carneiro Bastos
Presidente da Federação Paulista de Futebol

Marcos A. Nassif Abi Chedid
Presidente do Clube Atlético Bragantino

Roberto de Andrade
Presidente do Sport Club Corinthians Paulista

Ernesto Francisco Garcia
Presidente do Oeste Futebol Clube

Paulo de Almeida Nobre
Presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras

Vanderlei Aparecido Pereira
Presidente da Associação Atlética Ponte Preta

Modesto Roma Júnior
Presidente do Santos Futebol Clube

Carlos Augusto de Barros e Silva
Presidente do São Paulo Futebol Clube

Veja Mais:

  • Marcelo Aparecido de Souza foi pressionado por jogadores e torcedores no Allianz Parque

    STJD aceita pedido e vai julgar em outra sessão mérito que pode melar título paulista do Corinthians

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Guilherme Castellani assinou com o Timão até o fim de 2020

    Goleiro da equipe Sub-20 assina primeiro contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Henrique quer Corinthians bem no Brasileirão até o embate pela Libertadores

    Em desembarque, Henrique fala em 'virar a chave' para se aproximar dos líderes no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes