Em busca do bicampeonato, Steamrollers encara São Roque Fighters no interior de SP

Em busca do bicampeonato, Steamrollers encara São Roque Fighters no interior de SP

Por Meu Timão

Rolo Compressor pode conquistar bicampeonato estadual neste sábado

Rolo Compressor pode conquistar bicampeonato estadual neste sábado

Foto: Meu Timão

O Corinthians Steamrollers terá um desafio e tanto neste sábado (12), às 10h (de Brasília), no estádio do Vila Nova, em São Roque-SP. Atual campeão estadual, o Rolo Compressor do Parque São Jorge encara o São Roque Fighters em busca do segundo título consecutivo do II Campeonato Paulista de Flag da Federação de Futebol Americano de São Paulo (FEFASP).

A classificação para a final ocorreu no último dia 28, quando a equipe alvinegra derrotou o Brasil Devilz por 9 a 2, no estádio da Ponte Grande, em Guarulhos. Havia a expectativa que o confronto decisivo pudesse ser disputado no Centro Olímpico, casa do Timão na capital paulista. No entanto, o duelo acabou marcado para o interior de São Paulo.

Atualmente, a categoria flag do Steamrollers é composta por garotos. Diferentemente do esporte equipado (full pads), a modalidade é menos agressiva aos atletas. Ao invés de derrubar o oponente (tackle), o defensor busca retirar uma fita presa na cintura do jogador para impedir o avanço dos adversários.

“Hoje, a porta de entrada do time é a categoria de base, a molecada acima de 14 anos entra pelo flag, vem conhecer a modalidade e aprender a base do futebol americano em um esporte com menos contato, você consegue ter mais raciocínio e mais tempo pra poder pensar”, explica Erick Quinteiro, gerente de marketing e atleta do Steamrollers, ao MEU TIMÃO.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes