Camisa 27, goleiro reserva do Timão explica por que usa o número curioso

Camisa 27, goleiro reserva do Timão explica por que usa o número curioso

Por Meu Timão

Em entrevista, Walter revelou o motivo do número 27

Em entrevista, Walter revelou o motivo do número 27

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O goleiro Walter atuou em 10 partidas pelo Corinthians nesta temporada. Apesar do pouco tempo em campo, o jogador não sentiu o peso da camisa e mostrou qualidade quando necessário. O que poucos torcedores sabem é que ele não se sentia feliz com o número estampado nas costas de sua camisa.

“O que eu fiz no Corinthians foi com essa camisa. Na Libertadores me ofereceram e eu fiquei com a 1, mas para o Brasileiro eu voltei para a 27. Não gostava no começo, mas acabou me dando sorte e pretendo ficar com ela até o fim do meu contrato. Eu nunca tinha usado um número diferente de 1 ou 12 antes”, revelou Walter ao jornal LANCE!.

Com a camisa 27, Walter se tornou homem de confiança nas poucas ausências de Cássio. Ao longo do ano, teve atuações decisivas contra Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, e Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Foram oito vitórias, um empate e apenas uma derrota, um aproveitamento de mais de 83%.

Apesar do status de reserva, ele desconsidera a opção de deixar o Corinthians. “Sofri bastante em times pequenos, com rebaixamentos, não é fácil para ninguém. Foi uma luta imensa para chegar até aqui, dá para escrever um livro. Em 2012 acabei rebaixado pelo XV de Jaú da Série A-3 para a B. Penso em colocar comida dentro de casa, ter o que comer”, disse em entrevista coletiva.

Walter iniciou sua carreira no Rio Branco em 2007. Desde então, passou por diversos clubes do interior gaúcho e paulista até se destacar pelo União Barbarense. Suas boas atuações no Campeonato Paulista de 2013 chamaram a atenção da diretoria corinthiana, que o contratou para compor elenco. Seu contrato vai até agosto de 2017.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes