Presidente do Timão garante que ainda não recebeu oferta milionária por Jadson

Presidente do Timão garante que ainda não recebeu oferta milionária por Jadson

Por Meu Timão

Corinthians ainda não tem proposta oficial por Jadson

Corinthians ainda não tem proposta oficial por Jadson

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, garante que ainda não recebeu nenhuma proposta pelo meia Jadson. O mandatário se pronunciou sobre a venda pela primeira vez após o interesse do Tianjin Songjiang no camisa 10 do Timão.

"Não chegou nada. Deve estar com empresário, não posso responder do que não ouvi falar. Vai chegar? Falo baseado em documentos e fatos. Ele tem contrato conosco", afirmou Roberto em entrevista à rádio Bradesco Esportes FM.

O time chinês estaria disposto a pagar valores altos pelo jogador do Corinthians. São 5 milhões de euros, sendo 30% desse valor destinado ao Timão - um pouco mais de R$ 6 milhões.

Os valores tirariam um dos melhores jogadores do Timão na temporada. Jadson terminou o ano como artilheiro da equipe, ao lado de Vagner Love; e ainda se destacou nas assistências. Mesmo assim, Roberto de Andrade é direto ao tratar o assunto.

"Não temo perder ninguém, futebol é assim, entra e sai. Cada um procura o melhor para a vida. O Corinthians é muito grande, se ele optar deixar o Corinthians, problema nenhum. Vamos seguir em frente", completou, de maneira firme.

Veja Mais:

  • Fiel vai 'invadir' a Arena Corinthians no próximo fim de semana

    Torcida do Corinthians reserva todos os ingressos para jogo da taça

    ver detalhes
  • Titular, Zeca foi campeão olímpico pela Seleção Brasileira, em 2016

    Corinthians estuda oferta ao lateral Zeca, diz portal

    ver detalhes
  • Depois de quase deixar o Timão no início do ano, Rodriguinho não pensa em sair

    Rodriguinho 'esquece' Europa e evita pensar em Seleção: 'Outros estão na minha frente'

    ver detalhes
  • Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    Reunião da comissão técnica deve vetar férias antecipadas no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes