Com contrato por mais sete meses, Love já demonstra interesse em ficar no Timão

Com contrato por mais sete meses, Love já demonstra interesse em ficar no Timão

Por Meu Timão

16 mil visualizações 122 comentários Comunicar erro

Vagner Love projetou a Libertadores de 2016 com o Timão

Vagner Love projetou a Libertadores de 2016 com o Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No Corinthians há dez meses, Vagner Love tem um contrato que garante sua permanência no clube do Parque São Jorge até julho de 2016. A vontade de ficar, no entanto, é nítida quando o camisa 99 do Timão é questionado sobre o assunto.

"Não teve nenhuma conversa, ainda há outras situações a serem resolvidas. No ano que vem vamos sentar, conversar e prolongar por mais tempo. Estou feliz aqui, fui muito bem tratado por todos, não tenho do que reclamar. Só tenho a agradecer ao Corinthians por ter voltado a jogar em alto nível no Brasil", disse o atacante, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Antes de chegar ao Timão, porém, o jogador veio de um mercado no qual a competitividade é baixa, diminuindo, assim, o nível de futebol apresentado. No Shandong Luneng, da China, Vagner Love ficou dois anos e agora, repensa se vale a pena ficar no Brasil e descartar propostas melhores como costumam ser as do futebol chinês - que é a situação atual do meia Jadson.

"Eu gosto de viver o momento, não sei o que vai acontecer. Vou curtir as férias, depois vamos ver o que acontece, ver se o Corinthians tem intenção de renovar comigo ou não. São conversas mais para frente. Só quero terminar o ano tranquilamente", constatou o atleta.

"É claro que vale a pena ficar. A não ser que seja uma coisa muito absurda. Muita gente fala que saímos para ganhar milhões, mas também preciso pensar na família. Tenho cinco filhos, quer dizer, o quinto está vindo agora. É muita boca para alimentar. Podemos pensar, mas como vivi uma fase muito boa dentro do Corinthians, estou com minha cabeça aqui. Quero títulos importantes. Já conquistei o Brasileiro, se a Libertadores puder vir, é claro que eu quero ficar e ter a chance de ganhar. E acho que o Corinthians tem chances reais de conquista no ano que vem", completou.

A respeito da Libertadores da próxima temporada, inclusive, o atacante alvinegro afirma que tem vontade de protagonizar o torneio vestindo a camisa do Timão. "Sim, muita vontade. Todo jogador tem essa vontade, ainda mais no Corinthians, onde tudo é três, quatro vezes maior", alegou.

Relembrando a campanha de 2015 do Corinthians na competição sul-americana - e no Campeonato Paulista, no qual o clube também foi eliminado -, Vagner Love projetou um Timão mais forte e concentrado em 2016.

"O Corinthians tem chances de brigar, fomos eliminados neste ano por causa de uma partida ruim contra o Guaraní, do Paraguai. Aprendemos muito, e na derrota se aprende ainda mais. Temos de estar concentrados o tempo todo. Depois das eliminações na Libertadores e no Campeonato Paulista, o Tite conseguiu fazer o time ficar mais focado, jogo a jogo. Podemos levar isso de experiência para o próximo ano. O Corinthians vai estar bem forte nesse sentido", finalizou o camisa 99.

Veja Mais:

  • Felipe Ezabella durante a eleição no Parque São Jorge

    Preferência da opinião pública e manutenção do DNA da chapa: Ezabella comemora primeira eleição

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes