Após três anos da conquista, Ralf relembra 'qualidade da equipe' no Mundial

Após três anos da conquista, Ralf relembra 'qualidade da equipe' no Mundial

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Campeão em 2012, Ralf ainda está no elenco do Corinthians

Campeão em 2012, Ralf ainda está no elenco do Corinthians

Agência Corinthians

Já se passaram três anos de uma das maiores conquistas do Corinthians: o Bicampeonato Mundial de Clubes. Com gol do atacante Guerrero aos 23 minutos, da segunda etapa, o Timão bateu o Chelsea por 1 a 0, na final do torneio, em Yokohama, no Japão.

Ralf, um dos atletas do elenco atual do Corinthians presente em campo no dia do confronto, relembrou um pouco do que foi a partida decisiva:

"Só quem viveu e passou aquele momento sabe como foi difícil a ansiedade, o nervosismo, o frio na barriga. Nós ficamos muito nervosos, mas sabíamos da qualidade que tinha nossa equipe para enfrentar o Chelsea, um time que é grande mundialmente. No momento ali passava um filme em nossas cabeças, até por ter passado pelo primeiro jogo. A final a gente foi para o tudo ou nada. Nós respeitamos a equipe do Chelsea e saímos vencedores", contou Ralf ao site oficial do Corinthians.

O camisa 5, que hoje conta com 352 jogos vestindo o manto alvinegro, relata as duas partidas, do Mundial da FIFA, como as mais marcantes em sua carreira como jogador de futebol.

"Os dois jogos em si foram marcantes para mim. Por ter ganhado, por ter comemorado a vitória. Parecia que estávamos no Pacaembu, pois havia mais de 40 mil torcedores corinthianos do outro lado do mundo. Então para nós foi diferente', explicou lembrando da força da Fiel: 'Surpreendeu sim. Até hoje a gente brinca que tem torcedor endividado por causa daquela viagem. Porque a gente sabe que atravessar o mundo não é fácil. Teve gente que deixou família, largou o emprego, vendeu o carro. Mas a gente sabe que todo o esforço foi válido e a gente pôde retribuir da melhor maneira possível com esse título", concluiu.

Titular do Timão desde 2010, e protagonista na conquista de títulos, Ralf renovou seu contrato recentemente com o clube, por mais duas temporadas.

Veja Mais:

  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes
  • Sornoza será jogador do Corinthians em 2019, salvo improvável problema médico

    Sornoza agenda exames e deve assinar com Corinthians nesta quarta

    ver detalhes
  • Davi ganhou mês passado camisa autografada por jogadores do Corinthians

    Camisa do Corinthians se torna supertrunfo na inclusão social de pessoas em cadeiras de rodas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes