De férias dos treinos, Matheus Vidotto passa por cirurgia plástica em São Paulo

De férias dos treinos, Matheus Vidotto passa por cirurgia plástica em São Paulo

Por Meu Timão

Reserva, Matheus Vidotto integrou o elenco campeão brasileiro de 2015

Reserva, Matheus Vidotto integrou o elenco campeão brasileiro de 2015

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Quem acompanha a carreira de Matheus Vidotto sabe que ele precisou passar por quatro cirurgias durante a infância. Desta vez, porém, o retorno do goleiro corinthiano ao hospital tem outros motivos. Aos 21 anos, o jogador aproveitou o fim da temporada para fazer uma plástica no nariz.

A operação foi realizada pelo Dr. Odair Soares Júnior, do CEMA (Centro de Medicina Avançada), na última quarta-feira (16). Após o procedimento, Vidotto postou fotos com um curativo no rosto em suas redes sociais. “Graças a Deus tudo bem com a cirurgia”, comemorou o jovem arqueiro.

Hoje terceira opção para a meta alvinegra, atrás apenas de Cássio e Walter, Matheus precisou se superar inúmeras vezes para não desistir do sonho de jogar futebol. Logo após o nascimento, ele teve de passar por uma cirurgia no rim. Já aos 14 anos, o goleiro foi diagnosticado uma doença rara e quase deu adeus à jovem carreira.

Denominado “Síndrome de Wolff Parkinson”, o distúrbio não permite o bombeamento correto do sangue pelo coração. Para resolver o problema, Vidotto foi submetido a três operações, além de tratamento intenso durante dez meses. Apesar do insucesso das intervenções, um exame realizado posteriormente constatou que o corinthiano estava curado.

Formado nas divisões de base do Corinthians, o arqueiro foi campeão da Taça São Paulo de Futebol Júnior em 2012. Na ocasião, o garoto teve sua medalha furtada pelo então presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Até hoje, Matheus disputou apenas uma partida pela equipe principal do Timão – o amistoso contra o ABC, em julho, no estádio Frasqueirão.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO DO GOLEIRO NO INSTAGRAM

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes