Olé da Argentina confirma fracasso do River em tentativa de superar invasão corinthiana

Olé da Argentina confirma fracasso do River em tentativa de superar invasão corinthiana

Por Meu Timão

Em 2012, Corinthians se tornou clube que levou mais torcedores ao Japão

Em 2012, Corinthians se tornou clube que levou mais torcedores ao Japão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Os torcedores do River Plate até tentaram, mas não conseguiram. Na final do Mundial de Clubes da FIFA, na manhã deste domingo, cerca de 20 mil argentinos acompanharam a derrota do seu time para o Barcelona, no Japão.

O clube acreditava que iria bater o recorde do Corinthians, de 2012. Na ocasião, mais de 30 mil torcedores alvinegros acompanharam o Timão conquistar o seu segundo título do Mundial de Clubes.

A marca, aliás, foi confirmada pelo jornal Olé, da Argentina. Em uma publicação sobre a final, em Yokohama, o jornalista Martin Blotto escreveu: "20 mil fanáticos. 20 mil loucos que deram a volta no mundo por amor. Impressionante".

"O recorde, porém, segue sendo do Corinthians, com 30 mil torcedores em 2012", completa o texto.

A final entre Barcelona e River Plate contou com 66.853 torcedores em Yokohama. São 1.422 a menos que o público do jogo do Timão contra o Chelsea, em 2012. Na ocasião, 68.275 mil pagantes.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes