Olé da Argentina confirma fracasso do River em tentativa de superar invasão corinthiana

Olé da Argentina confirma fracasso do River em tentativa de superar invasão corinthiana

Por Meu Timão

Em 2012, Corinthians se tornou clube que levou mais torcedores ao Japão

Em 2012, Corinthians se tornou clube que levou mais torcedores ao Japão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Os torcedores do River Plate até tentaram, mas não conseguiram. Na final do Mundial de Clubes da FIFA, na manhã deste domingo, cerca de 20 mil argentinos acompanharam a derrota do seu time para o Barcelona, no Japão.

O clube acreditava que iria bater o recorde do Corinthians, de 2012. Na ocasião, mais de 30 mil torcedores alvinegros acompanharam o Timão conquistar o seu segundo título do Mundial de Clubes.

A marca, aliás, foi confirmada pelo jornal Olé, da Argentina. Em uma publicação sobre a final, em Yokohama, o jornalista Martin Blotto escreveu: "20 mil fanáticos. 20 mil loucos que deram a volta no mundo por amor. Impressionante".

"O recorde, porém, segue sendo do Corinthians, com 30 mil torcedores em 2012", completa o texto.

A final entre Barcelona e River Plate contou com 66.853 torcedores em Yokohama. São 1.422 a menos que o público do jogo do Timão contra o Chelsea, em 2012. Na ocasião, 68.275 mil pagantes.

Veja Mais:

  • Hotel onde a delegação portuguesa está hospedada em São Petersburgo, na Rússia

    Corinthians brinca nas redes sociais com Cristiano Ronaldo hospedado em hotel chamado Corinthia

    ver detalhes
  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes