Roberto de Andrade fala sobre 2016 e afirma 'Não será um ano facil'

Roberto de Andrade fala sobre 2016 e afirma 'Não será um ano facil'

Por Meu Timão

Roberto de Andrade se diz satisfeito com o trabalho do técnico Tite

Roberto de Andrade se diz satisfeito com o trabalho do técnico Tite

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Campeão brasileiro em seu primeiro ano de mandato, o presidente Roberto de Andrade fez um balanço da temporada corinthiana. O cartola alvinegro falou do começo de ano difícil e como foi importante equilibrar as finanças do time.

"Foi um ano muito positivo. Assumimos o Corinthians em fevereiro em uma situação bem diferente do que está hoje em todos os aspectos, incluindo futebol e finanças. Não tem nem o que dizer sobre o título brasileiro. Mesmo se as outras coisas não tivessem melhorado, diria que o ano foi positivo", disse o presidente em entrevista ao Estado de S.Paulo.

Indagado sobre as contas do clube, o presidente não escondeu o cenário alvinegro, mas afirma que as finanças estão mais equilibradas.

"Gastamos menos e buscamos receitas novas. As finanças não estão perfeitas, mas estamos próximos do equilíbrio. Essa é a receita em qualquer empresa e o futebol não fica fora", disse Roberto de Andrade.

Com o Timão disputando novamente todas as competições possíveis, Roberto de Andrade afirma que o clube entra para brigar por todos os títulos que estiverem em disputa.

"As dificuldades continuarão, não será um ano fácil. Vai ser melhor do que 2015, mas não será um ano fácil. Estamos tentando ficar mais fortes do que fomos em 2015 para brigar por todos os títulos que vamos disputar", afirmou o dirigente. Que ainda comentou sobre a situação financeira na contratação de jogadores.

"A situação está um pouco mais melhor, mas não é confortável. Continuamos com o pé no freio, cortando despesas. Em 2017 será assim também. Vamos gastar o menos possível e buscar receitas novas", exclamou.

Na próxima temporada o time do Parque São Jorge terá no mínimo 65 jogos no ano. Sendo o atual campeão brasileiro, o elenco alvinegro espera ter melhores resultados em jogos de mata-mata. Para aguentar a carga de jogos, o presidente fala em contratar ao menos quatro jogadores para 2016. Roberto ainda exaltou a qualidade do treinador, Tite.

"Com o Tite, felizmente no primeiro ano o trabalho já deu resultado. Entendo que, se o trabalho for contínuo, outros títulos virão", completou o presidente do Corinthians.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes