Edu Dracena volta a ser alvo de rival do Corinthians

Edu Dracena volta a ser alvo de rival do Corinthians

Por Meu Timão

7.7 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Edu Dracena voltou a ser alvo do Palmeiras

Edu Dracena voltou a ser alvo do Palmeiras

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O zagueiro Edu Dracena voltou a ser alvo de interesse de um dos rivais do Corinthians, o Palmeiras. Segundo o portal GloboEsporte.com, conversas entre as duas duas partes interessadas foram retomadas nos últimos dias.

Essa não é a primeira vez que Dracena desperta o interesse do time rival. No início do Brasileirão, o Palmeiras também tentou contratá-lo, mas Edu fez sua sexta partida na competição e impossibilitou qualquer transferência para a Série A.

O Corinthians, porém, não demonstra interesse em negociar Edu Dracena. Mesmo no banco de reservas, o atleta foi muito usado durante a temporada e entrou em 33 partidas, marcando dois gols. A possibilidade de uma negociação envolvendo Felipe ou Gil também dificulta ainda mais a liberação do zagueiro.

Além de não querer perder uma peça do elenco, o Timão não vê com bons olhos a ideia de ceder um jogador a um de seus concorrentes na Copa Libertadores da América do ano que vem. Por isso, a diretoria palmeirense não se anima com a ideia.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes