Edu Dracena se pronuncia sobre saída do Corinthians e manda recado à Fiel

Edu Dracena se pronuncia sobre saída do Corinthians e manda recado à Fiel

Por Meu Timão

24 mil visualizações 172 comentários Comunicar erro

'Vocês me apoiaram nos momentos difíceis e, graças a isso e muito trabalho, consegui ajudar o time quando ele mais precisou'

'Vocês me apoiaram nos momentos difíceis e, graças a isso e muito trabalho, consegui ajudar o time quando ele mais precisou'

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com o contrato já rescindido, o zagueiro Edu Dracena se pronunciou sobre sua saída do Corinthians. Experiente, o jogador publicou um agradecimento aos torcedores alvinegros em sua página oficial do Facebook. Ele também explicou como tomou a decisão de acertar com o Palmeiras, arquirrival do Timão.

“Informei a proposta recebida imediatamente à direção do Corinthians, mas não houve consenso entre os diretores sobre a importância da minha permanência. Sendo assim, entendemos que seria melhor uma rescisão em comum acordo”, afirmou o zagueiro na rede social.

“Mesmo entendendo que minha experiência poderia ter sido importante em alguns momentos decisivos do ano, respeitei a vontade do técnico e segui trabalhando em silêncio, respeitando todo o grupo e ajudando da forma que poderia”, acrescentou o beque, que disputou 33 partidas pelo Corinthians e marcou dois gols.

A rescisão contratual foi divulgada pelo clube paulista no fim da tarde desta terça-feira. Segundo a diretoria alvinegra, a decisão foi um pedido do próprio zagueiro, incomodado com o status de reserva. “O clube agradece pelos serviços prestados durante a temporada e deseja sucesso ao atleta na sequência da carreira”, diz o texto.

Confira o texto publicado por Edu Dracena no Facebook

Depois de um ano de muito aprendizado, estou me despedindo do Corinthians.

Obrigado, torcida. Vocês me apoiaram nos momentos difíceis e, graças a isso e muito trabalho, consegui ajudar o time quando ele mais precisou.

Eu joguei em poucos clubes em 17 anos de carreira: Guarani, Cruzeiro, Olympiakos, Fenerbahce e Santos, antes de atuar no Corinthians. Sempre fiquei muito tempo em cada clube, criando identidade para marcar meu nome na história. Em todos conquistei a posição de titular com muito suor e treinamento, respeitando sempre os companheiros, e muitas vezes escolhido como o capitão por exercer uma liderança positiva. Assim consegui ganhar dois Brasileiros, duas Copas do Brasil, seis estaduais, Libertadores, Recopa, sem contar vários títulos na Turquia e pelas seleções de base do Brasil.

No Corinthians, mesmo sendo reserva a maior parte do tempo pela primeira vez na carreira, atuei em 33 jogos e fiz dois gols. Mesmo entendendo que minha experiência poderia ter sido importante em alguns momentos decisivos do ano, respeitei a vontade do técnico e segui trabalhando em silêncio, respeitando todo o grupo e ajudando da forma que poderia. Meu perfil sempre foi e sempre será agregador. O que tenho para resolver, faço sempre pessoalmente, olho no olho, dialogando.

Após o fim do Campeonato Brasileiro, outro grande clube brasileiro entrou em contato com o Corinthians interessado na minha contratação. O presidente Roberto Andrade autorizou o contato com meu irmão e empresário. Fiquei muito honrado com a proposta e, mais ainda, com o projeto oferecido. Nesta fase de minha carreira, uma proposta esportiva é muito mais importante do que a financeira. Meu instinto é o de jogar e vencer. Fazer acontecer ao invés de esperar acontecer.

Informei a proposta recebida imediatamente à direção do Corinthians, mas não houve consenso entre os diretores sobre a importância da minha permanência. Sendo assim, entendemos que seria melhor uma rescisão em comum acordo.

Agradeço a todos que permitiram que eu tivesse essa bela experiência no Corinthians.

Por respeito, vou aguardar que o meu novo clube realize o anúncio oficial da minha contratação para, só depois, me posicionar oficialmente sobre meu novo destino. Mas posso adiantar que estou muito empolgado com o projeto e com as pessoas envolvidas.

Obrigado,

Edu Dracena

Veja Mais:

  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, é favor do adiamento das rodadas 23 e 24 do Brasileiro

    Alô Corinthians! Grêmio quer união de rivais por adiamento de rodadas do Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes