Globo ganha concorrente de peso por direitos de transmissão do Brasileirão 2018 e 2019

Globo ganha concorrente de peso por direitos de transmissão do Brasileirão 2018 e 2019

Por Meu Timão

130 mil visualizações 156 comentários Comunicar erro

Clubes brasileiros devem ser beneficiados com 'briga' pelos direitos de TV do Brasileirão

Clubes brasileiros devem ser beneficiados com 'briga' pelos direitos de TV do Brasileirão

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Campeonato Brasileiro pode começar a ser transmitido por outra emissora num futuro próximo. Após adquirir a Liga dos Campeões e a Copa do Nordeste, o canal Esporte Interativo consultou alguns clubes da Série A sobre a possibilidade de exibir o nacional na TV por assinatura. A informação é do Blog do Ohata, do UOL Esporte.

Segundo a publicação, a emissora ofereceu R$ 40 milhões em luvas pelas cotas do Brasileirão de 2018 e 2019. As cifras teriam “balançado” os cartolas, que consultaram a Globosat e reivindicaram a cobertura do montante. Em contrapartida, a programadora se comprometeu a liberar a quantia, mas informou que reduziria em 25% o pagamento pelos direitos de TV fechada.

Em 2015, Corinthians e Flamengo receberam cerca de R$ 110 milhões da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do campeonato. Para efeito de comparação, o clube que mais se aproxima da dupla é o São Paulo – o time do Morumbi faturou R$ 80 milhões. Já o Santos recebeu pouco mais da metade que o arrecadado pela cúpula do Parque São Jorge.

Dona dos canais Esporte Interativo, a Turner América deve investir alto na disputa com a emissora carioca. Recentemente, a empresa norte-americana entrou na briga pelas cotas do Paulistão. Contudo, a Globo, que já havia ganhado a concorrência com a Record no passado, renovou o contrato de TV aberta, TV fechada e pay-per-view por mais quatro anos.

A concorrência deve beneficiar os clubes brasileiros, já que a emissora carioca pretende antecipar a renovação contratual dos direitos de transmissão. Atualmente, um terço das receitas do Corinthians é oriundo do acordo com a Globo. Os contratos televisivos da competição nacional são válidos até a temporada de 2018.

O Esporte Interativo chegou a ser boicotado pelas operadoras de TV por assinatura. A inclusão da marca foi permitida somente após reclamações exaustivas dos assinantes. A partir de janeiro de 2016, NET e Claro TV exibirão dois canais - EI Maxx e o EI Maxx 2 - da franquia.

CONFIRA OS VALORES DAS COTAS DE TV DO FUTEBOL BRASILEIRO

De 2012 a 2015

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 110 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 80 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 70 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 60 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro, Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 45 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 27 milhões

De 2016 a 2018

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 170 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 110 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 100 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 80 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 60 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 35 milhões

Fonte: Trivela.uol.com.br

Veja Mais:

  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes
  • Sornoza será jogador do Corinthians em 2019, salvo improvável problema médico

    Sornoza agenda exames e deve assinar com Corinthians nesta quarta

    ver detalhes
  • Davi ganhou mês passado camisa autografada por jogadores do Corinthians

    Camisa do Corinthians se torna supertrunfo na inclusão social de pessoas em cadeiras de rodas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes