Folha salarial do Cobresal pagaria apenas um dos medalhões do Corinthians

Folha salarial do Cobresal pagaria apenas um dos medalhões do Corinthians

Por Meu Timão

Equipe chilena não seria capaz de bancar o salário de Elias, um dos altos do Corinthians

Equipe chilena não seria capaz de bancar o salário de Elias, um dos altos do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Valorizado com a conquista do título brasileiro, o Corinthians terá um oponente ainda pouco conhecido, mas perigoso na Copa Libertadores da América. Um dos adversários do Timão na fase de grupos, o Cobresal, do Chile, pretende deixar a modesta folha salarial de lado e dificultar a campanha alvinegra ao longo da competição.

Segundo o portal UOL Esporte, o clube da cidade de El Salvador gasta cerca de US$ 150 mil (R$ 600 mil na cotação atual) por mês com o salário de seus jogadores. O valor chega a ser discrepante em relação ao desembolsado pela diretoria do Timão com seus atletas – em torno de R$ 8 milhões mensais.

Para efeito de comparação, a folha salarial do Cobresal pagaria apenas um dos jogadores mais caros do elenco corinthiano. O volante Elias e o atacante Vagner Love, por exemplo, recebem aproximadamente R$ 500 mil cada. Já o meia Renato Augusto, eleito o melhor atleta do Campeonato Brasileiro, embolsa R$ 400 mil, assim como o volante Cristian.

Na última terça-feira (22), o Timão conheceu os seus adversários da fase de grupos da Libertadores. Integrante do Grupo 8, a equipe do Parque São Jorge enfrentará Cerro Porteño (PAR) e o vencedor de Oriente Petrolero (BOL) x Independiente Santa Fé (COL), além do Cobresal.

Após o sorteio realizado pela Conmebol em Luque, no Paraguai, o diretor de futebol da equipe chilena, Juan Silva, conheceu Roberto de Andrade e Andrés Sanchez, presidente e superintendente de futebol do Corinthians, respectivamente. Os cartolas alvinegros procuraram saber a melhor logística para chegar ao El Cobre, estádio do Cobresal localizado no deserto do Atacama.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes