Torcedores questionam repasse da Omni ao Corinthians no programa Fiel Torcedor

Torcedores questionam repasse da Omni ao Corinthians no programa Fiel Torcedor

Por Meu Timão

Corinthianos têm cobrado explicações da diretoria sobre o acordo do clube com a Omni

Corinthianos têm cobrado explicações da diretoria sobre o acordo do clube com a Omni

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Mesmo sendo o clube com o maior número de sócio-torcedores do futebol brasileiro, o Corinthians ainda arrecada um valor irrisório com seu programa de fidelização. A Omni, empresa responsável por gerir a plataforma do Fiel Torcedor, tem direito à metade das receitas.

A situação tem causado revolta nos torcedores corinthianos. De acordo com o contrato comercial vigente, 50% do montante pago pelos associados do Timão é repassado à Omni, que arca com todos os custos do programa. Ainda assim, a porcentagem é muito acima da taxa de mercado praticada hoje, em torno de 5% a 30%.

Por conta do “rateio” com a empresa, o Corinthians embolsou apenas R$ 5 milhões em 2014 com o Fiel Torcedor. Nesta temporada, a arrecadação foi de R$ 6,2 milhões, de acordo com o orçamento do clube paulista. 2016, porém, promete ser diferente – cerca de R$ 23 milhões devem entrar nos cofres do Timão, segundo o planejamento financeiro.

“Absurdo. Só em 2015 serão R$ 6 milhões para a Omni. Quanto eles investiram para implantar o Fiel Torcedor. E aí, Corinthians? (sic)”, disparou um torcedor no Twitter. “Certamente não vou renovar o meu Fiel Torcedor, não aceito que metade do que eu pago não vá para o Corinthians”, criticou outro na rede social.

Curiosamente, o financeiro do Timão chega a gastar mais de R$ 150 mil por partida na Arena Corinthians com a emissão de ingressos. Por exemplo, na goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo, no dia 22 de novembro, o custo com a despesa ultrapassou a marca dos R$ 170 mil, conforme o boletim financeiro do jogo.

Na presidência desde fevereiro, Roberto de Andrade já iniciou conversas para pôr fim ao negócio. O cartola tem ouvido pedidos de explicações de conselheiros sobre o contrato com a Omni. Em resposta, o dirigente informou que tentaria promover mudanças para que uma parte maior da arrecadação com o Fiel Torcedor ficasse no clube.

CONFIRA ALGUNS TWEETS DE TORCEDORES SOBRE O CASO

Veja Mais:

  • Alessandro Nunes, Fábio Carille e Flavio Adauto estão unidos na busca por reforços para 2018

    Carille confirma conversas por contratações e vê com otimismo planejamento do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • O GERENTE ENLOUQUECEU

    VÍDEO: O GERENTE ENLOUQUECEU

    ver detalhes
  • Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    [Marco Bello] Carille conversou com técnico do Avaí sobre possível reforço do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Kazim e Pablo marcaram presença em show de Bruno Mars no estádio do Morumbi

    Jogador do Corinthians se envolve em confusão com conselheiro são-paulino no Morumbi

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes