Imprensa paraguaia fala em 'acerto de contas' entre Cerro Porteño e Corinthians

Imprensa paraguaia fala em 'acerto de contas' entre Cerro Porteño e Corinthians

Por Meu Timão

Corinthians e Cerro se enfrentarão na Libertadores do ano que vem

Corinthians e Cerro se enfrentarão na Libertadores do ano que vem

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A imprensa paraguaia já começou a falar sobre o duelo entre Corinthians e Cerro Porteño na Copa Libertadores da América do ano que vem. Isso porque a partida está sendo considerada um "acerto de contas" entre as equipes.

Um dos principais portais do Paraguai, o Hoy, relembrou o que é considerada uma "surra severa" e a "segunda pior humilhação" da história do Cerro. Em 1999, também pela Libertadores, o Corinthians aplicou um goleada de 8 a 2 na equipe paraguaia dentro do estádio do Pacaembu.

A publicação ainda destaca que o nível do futebol brasileiro tem sofrido um declínio considerável e que permitiu o crescimento de outros países, como o Paraguai.

Na ocasião, em 10 de março de 1999, quase 20 mil torcedores assistiram Edílson, Fernando Baiano (5), Índio e Silvinho aplicarem a goleada história do Timão. O placar é o maior do Corinthians em disputas da Libertadores.

Confira a publicação do site Hoy, do Paraguai

Veja Mais:

  • Corinthians enfrenta o Botafogo de Ribeirão Preto nas quartas do Paulista

    Reunião na FPF confirma datas e horários do Corinthians nas quartas do Paulistão; confira

    ver detalhes
  • Gramado da Arena mostrou-se impecável nesta quarta-feira

    Internautas se rendem a gramado da Arena Corinthians após jogos em dias consecutivos

    ver detalhes
  • Jadson marcou pela primeira vez em seu retorno ao Corinthians

    Vitória sobre o Linense na Arena marca o término de cinco jejuns corinthianos; saiba mais

    ver detalhes
  • Jabá marcou seu primeiro gol como jogador profissional do Corinthians

    Trio desencanta, e Corinthians vence Linense no 'esquenta' para mata-mata do Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes