Presidente do São Paulo diz que quer time jogando 'igual ao Corinthians'

Presidente do São Paulo diz que quer time jogando 'igual ao Corinthians'

Por Meu Timão

Presidente do São Paulo elogia futebol do Corinthians

Presidente do São Paulo elogia futebol do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O novo presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, conhecido como Leco, já está fazendo planos para 2016 e um dos desejos do mandatário é ver seu time jogando igual ao Corinthians.

"Uma equipe dinâmica, com intensidade, que tem formação defensiva, que não seja retranqueira, mas forte, como é a do Corinthians. E com bons jogadores de meio e ataque certamente acabarão fazendo gols. O que não pode ter é uma defesa fraca que tome três, quatro gols. A visão que tenho dele é que nem perde nem ganha de muito", declarou Leco, em entrevista ao LANCE!.

Leco assumiu o comando da equipe após Aidar renunciar do cargo. Com duas semanas na presidência, ele já viu o São Paulo sofrer a derrota vergonhosa por 6 a 1, dentro da Arena Corinthians. O presidente diz que já digeriu a goleada.

"Já, tranquilamente. Ao longo da vida, aprendi que também se perde. E ter grandeza na vitória é fácil, tem de ter na derrota. Extrair dela todas as experiências e acho que isso já extraímos. Principalmente da atitude de levar nossos jogadores à consciência de que aquilo não era motivo para relaxarmos, baixarmos a glória, mas continua a luta pelo resultado e conseguimos", declarou.

"Claro que não está na minha conta, nem posso assumir um resultado depois de estar 15 dias como presidente. O São Paulo tem toda uma história e o que acontece hoje claro que está influenciado por um comportamento, um clima de uma direção. Mas tem uma coisa que é histórico e não podemos ignorar. É uma sucessão de erros, coisas negativas, e acabou desaguando naquele triste acontecimento. Não credito especialmente na minha conta qualquer grande virtude e nem tenho um débito como grande problema", completou, justificando o fato de Aidar ter colocado o 6 a 1 como culpa de Leco.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes