Demissões e até terceirização de serviços foram as soluções do Corinthians para acertar as contas em 2015

Demissões e até terceirização de serviços foram as soluções do Corinthians para acertar as contas em 2015

Por Meu Timão

A venda de Pato pode aliviar ainda mais as dívidas do Corinthians

A venda de Pato pode aliviar ainda mais as dívidas do Corinthians

Foto: Agência Corinthians

Sob o aspecto financeiro, o ano de 2015 não foi dos mais fáceis para o Timão. A polêmica dos atrasos em direitos de imagem, salários e premiações, jogadores deixando o clube por propostas muito superiores, dificuldade para trazer reforços marcaram o ano do clube. Os problemas foram muitos, mas a diretoria acredita que em 2016 é possível voltar a fechar um ano no azul - após dois anos de déficit.

De acordo com Emerson Piovesan, diretor financeiro do Timão, isso só será possível graças a uma grande reestruturação feita em diversos setores da equipe do Parque São Jorge. Depois da eleição do presidente Roberto de Andrade, em fevereiro, aproximadamente de 100 funcionários foram demitidos, contratos foram revistos e cerca de 20% dos gastos foram cortados.

'Tivemos que reduzir pessoal, não só no futebol. Renegociamos acordos com parceiros, tentamos reduzir gastos com tarifas públicas, fizemos até racionalização de energia no clube. Foi uma série de ações nas quais tivemos até que gastar para ter uma redução de gastos no futuro. Além disso terceirizamos alguns serviços, como a lavanderia. Gastávamos R$ 60 mil, hoje caiu para R$ 15 mil', disse Piovesan, em entrevista ao LANCE!

Com essas mudanças, a confiança voltou à cúpula do Timão, que garante não repetir falta de pagamentos ou atrasos na próxima temporada. Além disso, o Corinthians estima em seu orçamento um superávit de R$ 3,8 milhões no fim de 2016.

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes