Corinthians aceita proposta da China e aguarda aceite de Pato

Corinthians aceita proposta da China e aguarda aceite de Pato

Por Meu Timão

Corinthians já aceitou proposta da China por Pato

Corinthians já aceitou proposta da China por Pato

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na semana decisiva para a diretoria do Corinthians, o clube aguarda uma resposta de Alexandre Pato sobre a proposta milionária da China. Segundo o jornalista Jorge Nicola, o Timão já aceitou e agora só depende do atleta.

Os valores são irrecusáveis. O Tianjin Songjiang, time da segunda divisão da China, que já tirou Jadson do Corinthians, está oferecendo um salário de cerca de R$ 2,4 milhões por mês ao atacante. No Corinthians, ele recebe R$ 800 mil, com descontos.

A diretoria alvinegra, que não é fã da ideia de ter Pato de volta ao elenco, já aceitou a proposta dos chineses. A decisão, agora, depende apenas de Alexandre Pato, que já declarou que prefere uma chance na Europa e que a China não é um mercado que lhe atrai.

O Tianjin Songjiang chega ao Brasil neste domingo. A equipe comandada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo vai realizar a pré-temporada por aqui. O local escolhido foi Atibaia, onde Jadson será apresentado como o novo reforço do time chinês.

Caso não aceite a proposta e não receba nenhuma outra da Europa, Pato se reapresenta na quarta-feira, dia 6, no CT Joaquim Grava. Ele também está na lista de jogadores que farão a pré-temporada nos Estados Unidos.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes