Mensagem enigmática de Pato nas redes sociais dispara comentários irritados de corinthianos

Mensagem enigmática de Pato nas redes sociais dispara comentários irritados de corinthianos

Por Meu Timão

Pato é o primeiro jogador na lista de prioridades de venda do Corinthians

Pato é o primeiro jogador na lista de prioridades de venda do Corinthians

Foto: Agência Corinthians

Especulado pela imprensa inglesa como possível reforço da equipe do Liverpool nesta janela de transferências em 2016, o atacante Alexandre Pato publicou uma mensagem enigmática em suas redes sociais na noite deste sábado.

Acredite nos sonhos... #God

A photo posted by Alexandre Pato (@pato) on

Mesmo reintegrado ao Corinthians, o atacante não esconde que tem como principal objetivo retornar à Europa. Com essa mensagem após as especulações de sua saída a Fiel não perdoou:

Nos últimos dias, Pato chegou a recusar uma oferta milionária do futebol chinês. O Tianjin Quanjian estava disposto a pagar R$ 5 milhões mensais ao jogador. Mas, o atacante, de 26 anos, nega atuar em mercados considerados inferiores.

Com vínculo com o atleta até o fim do ano, o Timão aguarda uma boa proposta para negociá-lo. A permanência no elenco, por enquanto, é tratada apenas como última opção. Mas, se ficar, Pato viaja com o resto do elenco no próximo dia 13 para os Estados Unidos.

Veja Mais:

  • PM impediu acesso de torcedores com bolsas na Arena Barueri

    Por 'segurança', Polícia Militar barra entrada de bolsas femininas em jogo da Copinha

    ver detalhes
  • Promessa da base do Timão, Vitinho foi convocado para a Seleção Sub-17

    Atacante do Corinthians na Copinha é convocado para Seleção Sub-17

    ver detalhes
  • Pablo é jogador do Corinthians até 31 de dezembro de 2017

    Pablo assina com Corinthians e é sétima contratação do clube para 2017

    ver detalhes
  • Corinthians e Batatais se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h

    FPF divulga informações de ingressos da final da Copinha para que não é FT; confira valores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes