Há 16 anos, Timão conquistava vaga para final do Mundial de Clubes da FIFA

Há 16 anos, Timão conquistava vaga para final do Mundial de Clubes da FIFA

Por Meu Timão

O Timão chegou ao topo do mundo na semana seguinte no Maracanå

O Timão chegou ao topo do mundo na semana seguinte no Maracanå

Foto: Divulgação

Foi com muita emoção e sofrimento. Mas foi. Há exatos 16 anos, o Timão garantia vaga para a final do Mundial de Clubes da FIFA, que mais tarde levaria a equipe do Parque São Jorge ao topo do mundo pela primeira vez na história do clube.

No dia 10 de janeiro de 2000, o Corinthians garantiu a vitória na semi-final contra o Al Nassr (EAU), e carimbou a participação do alvinegro na decisão, que seria disputada no Estádio do Maracanã na semana seguinte. Por dois gols de diferença, placar mínimo que o Timão precisava para garantir a vaga sob o Real Madrid em critérios de desempate, a fiel foi ao delírio no Morumbi.

O sofrimento da torcida havia começado antes mesmo da bola rolar. Na partida preliminar entre Real Madrid e Raja Casablanca, o time espanhol garantiu os três pontos ao marcar o terceiro gol já aos 43 minutos do segundo tempo. Com isso, o Timão ficava atrás no saldo e precisaria de um placar mais largo para garantir a vaga.

Ciente que precisava de pelo menos dois gols de diferença, o Corinthians foi a campo pressionado, porém confiante no título mundial. Daniel, recém-contratado em 2000, fez a estreia pela equipe, substituindo Índio. O restante do time era o mesmo dos jogos anteriores: Dida, Fabio Luciano, João Carlos, Kleber, Vampeta, Rincón, Marcelinho, Ricardinho, Edílson e Luizão, comandados pelo técnico Oswaldo de Oliveira.

Aos 23 minutos da primeira etapa, o Timão garantiu metade do acesso. Ricardinho recebeu dentro da área, deu um drible por entre as pernas do adversário e chutou para fazer 1 a 0. A emoção se postergou até os 35 minutos do segundo tempo. Já no sofrimento, o alvinegro não tinha outra alternativa a não ser ampliar o placar. Dinei tocou para Luizão na entrada da área, que de costas para o gol girou para rolar para Rincón. O passe foi na medida certa para o volante colombiano invadir e soltar o pé na bola, estufando as redes.

Com o placar necessário, o Corinthians garantiu o primeiro lugar da chave e seu lugar na decisão da primeira edição do Mundial de Clubes da FIFA.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes