Inter de Milão quer pagar 4 milhões de euros por lateral do Corinthians

Inter de Milão quer pagar 4 milhões de euros por lateral do Corinthians

Por Meu Timão

Arana estaria sendo observado por grandes europeus

Arana estaria sendo observado por grandes europeus

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Entre tantos jogadores especulados para deixar o Corinthians, nem o jovem lateral Guilherme Arana escapou. Segundo a imprensa italiana, a Inter de Milão já teria feito uma proposta para contar com o jogador nessa temporada.

Segundo o Tuttomercatoweb.com, a Inter teria oferecido 4 milhões de euros (quase R$ 18 milhões) por 80% dos direitos econômicos do jogador.

A proposta já teria sido enviada para a diretoria do Corinthians para evitar a concorrência. Ainda segundo a publicação, o Paris Saint-Germain e o FC Augsbur, da Alemanha, estariam de olho em Arana.

A publicação italiana ainda destaca que Arana é "produto" das categorias de base do Corinthians e que "apesar da pouca idade" se tornou peça fundamental no Corinthians.

Com 18 anos, Guilherme Arana viveu um 2015 especial. Ele chegou até a ser emprestado para o Atlético-PR por não fazer parte dos planos de Tite, mas retornou após a saída de Fábio Santos e terminou o ano como titular.

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes