Rodriguinho prevê cobrança por resultados, mas se apoia em Tite: 'Passa confiança'

Rodriguinho prevê cobrança por resultados, mas se apoia em Tite: 'Passa confiança'

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 51 comentários Comunicar erro

Rodriguinho deve ganhar mais chances na equipe principal em 2016

Rodriguinho deve ganhar mais chances na equipe principal em 2016

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Hexacampeão brasileiro em 2015, o Corinthians entra como favorito nas primeiras competições da temporada (Paulistão e Libertadores). Não à toa, o elenco alvinegro, que sofre com a saída de seus principais jogadores, já se prepara para a pressão que uma eventual falta de resultados positivos ocasionaria sobre a equipe.

"Comparação com os que saíram vai existir, sem dúvida. Mas todos têm de estar preparados para esse momento. A cobrança vai ser grande, se os resultados não vierem isso vai ficar forte. Somos cobrados todos os dias, temos de estar preparados para isso", declarou o meia Rodriguinho, que chegou ao Corinthians em 2013, esteve emprestado ao Grêmio e ao Al-Sharjah em 2014 e retornou ao Timão em julho do ano passado.

Rodriguinho, que trabalhou com Tite em suas duas últimas passagens pelo Corinthians, vê justamente no treinador o apoio para suportar as cobranças e superar o desmanche que o elenco vem enfrentando. Cássio, Ralf, Jadson, Renato Augusto e Vagner Love foram negociados para clubes do exterior. Gil está na iminência de sair.

"Conversei pouco com o Tite esse ano, mas ele parece estar tranquilo. Claro que deve estar chateado por ter perdido jogadores importantes, mas confia no grupo que tem e está passando essa confiança para nós. Parece o mesmo cara que sempre foi", afirmou o meia.

Vale lembrar que Tite se ausentou dos primeiros dias de treino do Timão por conta do casamento de seu filho, mas retornou na última segunda-feira, conversou com elenco e comissão técnica e trabalha alinhado com a diretoria em busca de reforços no mercado da bola.

Veja Mais:

  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes
  • Memórias do Japão

    [Rafael Castilho] Memórias do Japão

    ver detalhes
  • Carille retornou da Arábia Saudita para assumir o Corinthians em 2019

    Com festa da Fiel, Carille desembarca no Brasil e fala pela primeira vez sobre retorno ao Timão

    ver detalhes
  • Carille explicou perfil de contratações indicadas à direção alvinegra

    Sem estrelas: Carille traça perfil de contratações do Corinthians e rasga elogios a Ramiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes