Tite pede e Corinthians negocia com atacante do San Lorenzo, diz colunista

Tite pede e Corinthians negocia com atacante do San Lorenzo, diz colunista

Por Meu Timão

Argentino foi aprovado pelo técnico Tite

Argentino foi aprovado pelo técnico Tite

Foto: Divulgação

O Corinthians iniciou negociações para a contratação do atacante do San Lorenzo, Sebastián Blanco. Segundo o colunista Jorge Nicola, o negócio foi um pedido do próprio técnico Tite.

Blanco foi oferecido por um empresário e agradou a todos, mas principalmente Tite. Segundo a publicação, o treinador "adora" o estilo de jogo do atacante. Ele é bom finalizador e rápido.

O comandante teria justificado a contratação dizendo que poderia utilizar ele como segundo atacante, aberto por um dos lados, e até mesmo mais recuado, fazendo o que era feito por Jadson, antes da transferência para a China.

Com 27 anos, Sebastián Blanco está no San Lorenzo desde a temporada passada. Foi comprado pelos argentinos do West Bromwich, da Inglaterra, por 2 milhões de euros. As conversas com o Corinthians trabalham com a possibilidade de uma compra no valor de R$ 10 milhões por 50% dos direitos econômicos do atacante.

Antes das passagens pelo time inglês e pelo San Lorenzo, Blanco foi revelado no Lanus e defendeu o Metalista da Ucrânia. Também já teve passagem pela seleção da Argentina.

Veja Mais:

  • Em jogo disputado, Corinthians encarou o Mirassol e venceu por 3 a 2

    Corinthians vence Mirassol em jogaço de cinco gols

    ver detalhes
  • Zoeiro! Marciel zera internet ao comentar lance de gol do Mirassol

    Zoeira sem limites! Marciel zera internet ao comentar lance de gol do Mirassol

    ver detalhes
  • Maycon teve desempenho elogiado em Mirassol; Dupla de zaga não deixou a desejar

    Dupla da base brilha e empata na disputa de melhor jogador contra Mirassol; Bastos decepciona

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram gol em Mirassol

    Mais vitórias, menos derrota... Corinthians chega aos 15 pontos e é o melhor do Paulistão-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes