Cássio nega despedida do Corinthians, se diz feliz por permanecer e afirma: 'Besiktas é passado'

Cássio nega despedida do Corinthians, se diz feliz por permanecer e afirma: 'Besiktas é passado'

Por Meu Timão

Cássio enalteceu a vantagem do Timão no Campeonato Brasileiro

Cássio enalteceu a vantagem do Timão no Campeonato Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Reforçado com a permanência de Cássio para a temporada de 2016, o Corinthians embarcou na noite dessa quarta-feira rumo aos Estados Unidos. Em entrevista concedida ainda no aeroporto, o goleiro do Timão falou sobre a negociação que o Timão travou com o Besiktas, da Turquia.

Para o arqueiro alvinegro, o clube turco "é passado". Após o Timão dar praticamente como certa a saída de Cássio para o Besiktas, uma reviravolta melou o negócio. Os clubes não se acertaram no que diz respeito a valores. O goleiro negou ter se despedido do Corinthians e de amigos.

"Houve muitas especulações, mas da minha boca nunca saiu nada. Falaram que eu tinha feito festa, balada para me despedir. Não tinha nada concreto, o negócio foi feito como tinha de ser, primeiro entre os clubes", afirmou o camisa 12.

"Não deu certo, Besiktas é passado e minha cabeça está focada em conquistar mais títulos pelo Corinthians", completou.

O Besiktas ofereceu 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15 milhões) por Cássio, que tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2018. O Timão tem direito a 70% dos direitos do arqueiro e, portanto, ficaria com R$ 10,7 milhões caso o martelo fosse batido.

"A diretoria foi muito séria comigo, tinha algo bem encaminhado, mas acabou não acontecendo o negócio e fico no Corinthians, muito feliz de permanecer", finalizou o arqueiro.

Cássio chegou ao Corinthians em 2012 e, pelo clube alvinegro, conquistou a Libertadores (2012), o Mundial de Clubes (2012), o Paulistão (2013), a Recopa Sul-Americana (2013) e o Brasileirão (2015).

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes