Corinthians deve começar 2016 com mesmo esquema tático, mas Tite projeta mudança

Corinthians deve começar 2016 com mesmo esquema tático, mas Tite projeta mudança

Por MEU TIMÃO, DA FLÓRIDA (EUA)

Campeão brasileiro, Tite terá de 'quebrar a cabeça' para montar o novo Corinthians

Campeão brasileiro, Tite terá de 'quebrar a cabeça' para montar o novo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians deverá iniciar 2016 com a formação tática que lhe rendeu o título do Campeonato Brasileiro do ano passado. De acordo com o técnico Tite, o padrão de jogo da equipe alvinegra será mantido nos primeiros compromissos da temporada – sobretudo na Florida Cup, torneio amistoso realizado nos Estados Unidos.

“Eu vou precisar aproveitar a potencialidade da equipe e vou usar esses jogos para isso. Eu não acredito em fórmula mágica. O processo criativo só existe quando a coisa está organizada, e agora estamos no processo de organização. Só a linha de quatro é certeza”, disse o treinador em entrevista coletiva.

Nesta quinta-feira, Tite comandou o primeiro treino técnico-tático do Timão em solo norte-americano. A formação titular foi composta por: Cássio; Fagner, Gil, Felipe e Uendel; Bruno Henrique; Rodriguinho, Elias, Danilo e Malcom; Ángel Romero. A ideia é utilizar Rodriguinho na armação, enquanto Marlone, recém-chegado do Sport, deve ser reserva de Malcom.

A princípio, Tite não vê no meio-campista características semelhantes às de Jadson e Renato Augusto. Por isso, o apoiador será aproveitado na ponta esquerda, dando profundidade ao ataque e recompondo a marcação. “A equipe tem estágios. Um deles é a reposição de peças”, pontuou.

“Mas tem um detalhe que vocês sabem. O time que foi campeão amadureceu quando perdeu para o Guaraní (PAR), foi lá onde iniciou o ano, foi lá onde enfrentou o Palmeiras, foi lá que saiu invicto da competição. Precisa construir, amadurecer e consolidar. Vamos ter de apressar isso”, admitiu.

O Corinthians enfrentará o Atlético-MG neste domingo, às 17h (de Brasília), em Boca Raton. Depois, na quarta-feira, a agremiação do Parque São Jorge encara o Shakhtar Donetsk (UCR). “Eu não estou no estágio de reposição, estou no estágio de brigar para ficar todo mundo aqui. A vinda para cá é importante. Também serve para que alguns outros atletas que estão entrando tenham oportunidade”, finalizou.

Veja Mais:

  • Fubá inicia carreira de observador técnico da base do Corinthians nesta terça-feira

    Com problema de saúde, ex-jogador do Corinthians ganha cargo na base

    ver detalhes
  • Romão foi um dos destaques do Corinthians na última edição da Copinha

    Otimista por permanência de Arana, Corinthians empresta lateral a clube da Série B

    ver detalhes
  • Alessandro (à esq.) tem a missão de fechar reforços para Fábio Carille

    Viagem de Alessandro causa desconforto no Corinthians, diz jornalista

    ver detalhes
  • Equipe de Fábio Carille chegou a 15 jogos de invencibilidade

    Corinthians chega a 15 jogos de invencibilidade; ultimo revés foi ainda na primeira fase do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes