Time chinês confirma nova proposta por Gil e dá prazo ao Corinthians

Time chinês confirma nova proposta por Gil e dá prazo ao Corinthians

Por Meu Timão

Gil pode ser mais um a deixar o Timão em 2016

Gil pode ser mais um a deixar o Timão em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar dos pedidos do técnico Tite, o Corinthians pode perder mais um jogador titular. O Shandong Luneng, da China, enviou uma nova proposta ao clube pelo zagueiro Gil e estipulou um prazo para uma resposta.

"Já entregamos uma nova proposta ao Corinthians e precisamos da resposta. Se não aceitarem novamente, vamos atrás de outro jogador. Já temos outras opções", afirmou Joseph Lee, fundador da Kirin Soccer, que representa o clube chinês, ao portal LANCE!.

O prazo definido pelo clube é até o início da próxima semana. Boa parte da diretoria do Corinthians e o zagueiro estão nos Estados Unidos, mas o presidente Roberto de Andrade segue no Brasil.

Nessa semana, a diretoria já confirmou que recusou uma proposta do time chinês. O zagueiro, antes de embarcar para os EUA, não descartou uma saída e disse que as conversas ainda continuavam.

O Shandong Luneng é comandado pelo técnico Mano Menezes, que foi quem pediu a contratação de Gil. Os dois trabalharam juntos no Corinthians no ano passado. O zagueiro, que tem 90% dos seus direitos ligados ao Corinthians, tem contrato até o fim de 2019.

Veja Mais:

  • Guilherme pode perder clássico em Itaquera

    Opção no sábado, Guilherme vira preocupação para Dérbi; goleiro retorna

    ver detalhes
  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson atuou por cerca de 45 minutos e tem chances de pegar o Palmeiras

    Jadson é titular em jogo-treino do Corinthians, mostra desenvoltura e pode ser opção no clássico

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes