Corinthians, que já venceu União Soviética, enfrenta um time ucraniano pela primeira vez

Corinthians, que já venceu União Soviética, enfrenta um time ucraniano pela primeira vez

Por Meu Timão

4.5 mil visualizações 52 comentários Comunicar erro

Dentinho, ex-Corinthians, joga estará em campo pelo Shakhtar Donetsk nesta quarta

Dentinho, ex-Corinthians, joga estará em campo pelo Shakhtar Donetsk nesta quarta

Foto: Divulgação/Shakhtar Donetsk

Pela primeira vez em seus mais de 105 anos de história, o Corinthians enfrentará um time da Ucrânia. O Timão mede forças contra o Shakhtar Donetsk na noite desta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no no ESPN Wide World of Sports, em Orlando, nos Estados Unidos.

Vale lembrar que a Ucrânia tornou-se um país independente apenas em 1991. Até então, a região era uma república da União Soviética. Esta última, por sua vez, já até disputou amistoso contra o Timão. Em 1966, o Corinthians bateu a seleção soviética por 3 a 1 no Pacaembu.

O duelo contra o Shakhtar será válido pela Florida Cup. Na primeira partida do torneio, o Timão perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG. No sábado, a equipe de Tite faz amistoso contra o Fort Lauderdale Strikers (EUA), time do qual Ronaldo Fenômeno é acionista, encerrando sua pré-temporada nos Estados Unidos.

Veja Mais:

  • Corinthians voltou a enfrentar o São José no Parque São Jorge, nesta segunda-feira

    Corinthians vira no último quarto, vence São José por um ponto e empata série final da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians terá ingressos mais baratos para assistir aos jogos na Arena

    Corinthians anuncia diminuição de preços dos ingressos da Arena; veja os novos valores

    ver detalhes
  • Léo Príncipe será emprestado ao Vitória de Setubal até julho de 2019

    Corinthians define operação de empréstimo de Léo Príncipe a clube português

    ver detalhes
  • Balbuena vem sendo especulado em diversos clubes europeus

    Corinthiano Balbuena entra na mira do Fenerbahce, aponta imprensa europeia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes