Luciano revela frustração, promete nova postura e mira artilharia

Luciano revela frustração, promete nova postura e mira artilharia

Por Meu Timão

Luciano corre no gramado do CT desde o fim do ano passado

Luciano corre no gramado do CT desde o fim do ano passado

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Há cinco meses se recuperando de uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito, Luciano não vê a hora de retornar aos gramados pelo Corinthians. Em entrevista ao portal GloboEsporte.com, o atacante revelou detalhes da frustração por ter ficado de fora do segundo turno do Brasileirão de 2015, prometeu à Fiel uma postura mais madura e já estabeleceu planos para a atual temporada: fazer gols, alcançar artilharias e ajudar o Timão nas competições que virão pela frente.

Luciano se machucou no dia 19 de agosto do ano passado, em jogo contra o Santos, válido pela Copa do Brasil. O atacante, que vivia grande fase deixando Vagner Love no banco de reservas, prendeu o pé no gramado da Vila Belmiro e torceu o joelho. A previsão de voltar a estar à disposição para o técnico Tite é para o fim de fevereiro.

"Estou muito ansioso, chego todos os dias com vontade de treinar, queria ter ido aos Estados Unidos, mas foi melhor ter ficado por causa dessa estrutura. Todos me dizem que falta pouco. Cada dia que venho ao CT é um dia a mais que mato. Vamos tirar de letra essa fase. Logo vou voltar a jogar e fazer gols", afirmou o jogador, que treina no CT Joaquim Grava ao lado de Alexandre Pato e Guilherme.

Ao término do primeiro turno do Brasileirão de 2015, Luciano encontrava-se com cinco gols. O atacante havia anotado todos os tentos numa sequência de três partidas consecutivas. A fase era tão boa que ele já estabelecia como meta chegar à artilharia do Brasileirão. Ricardo Oliveira, do Santos, terminou como principal goleador, com 20 gols.

"Foi um baque muito grande, falei para meus familiares que tinha acabado tudo para mim. Todos tentaram me confortar, disseram que era só uma fase e ia passar. Poderia ter sido eu. Eu poderia ter feito mais gols. Depois daquele jogo contra o Avaí, perguntei aos colegas quantos gols o Ricardo Oliveira tinha, pois sabia que poderia chegar nele", revelou.

"Quem sabe esse ano eu não possa ser artilheiro do Paulista, da Libertadores ou até do Brasileiro? É tudo no tempo de Deus. Esse tempo parado serviu para eu ficar mais maduro. A lesão ficou no passado e não quero mais nem rever o lance", completou, já projetando seu desempenho na atual temporada.

Por fim, Luciano não prometeu apenas gols à torcida alvinegra. O jogador, que já admitiu diversas vezes ter deixado o sucesso subir à cabeça em 2014 (seu primeiro ano no Timão), também garantiu à Fiel que voltará mais maduro após a recuperação da lesão. As baladas deram lugar à família, e até ex-jogadores do Timão tiveram peso nessa transformação:

"Melhorei no aspecto extracampo. Em 2014, deixei o sucesso subir à cabeça, saí algumas vezes. Com a lesão, a tendência era fazer o mesmo para esquecer tudo. Mas fiquei em casa, procurei ouvir companheiros que passaram pelo mesmo problema, casos de Edu Dracena, Renato Augusto... Podem ter certeza de que, quando eu voltar, as pessoas vão ver outro Luciano em campo. No momento mais difícil da minha vida, tive apoio do meu pai, minha mãe, irmãs, namorada e até do meu cachorro. A partir de agora, vou jogar pela minha família", comentou.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Oswaldo opinou sobre empréstimo de jogadores à Chape

    Oswaldo opina sobre empréstimo de jogadores do Corinthians à Chapecoense

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes