San Lorenzo recusa proposta por Blanco, mas Timão ainda confia em acerto

San Lorenzo recusa proposta por Blanco, mas Timão ainda confia em acerto

Por Meu Timão

Blanco jogou contra o Corinthians no início do ano passado

Blanco jogou contra o Corinthians no início do ano passado

Foto: Divulgação

O Corinthians recebeu mais uma recusa por parte do San Lorenzo nesta sexta-feira. O clube argentino não aceitou a proposta de cerca de R$ 3 milhões de dólares por 100% dos direitos econômicos de Sebastián Blanco.

Segundo o portal LANCE!, no entanto, a diretoria ainda não dá o negócio como descartado. O clube tem duas possibilidades: ou aumentar o valor oferecido aos argentinos ou propor um outro modelo de negócio.

A primeira oferta do Timão tinha sido por 50% dos direitos. O San Lorenzo já definiu que só aceita negociar a totalidade dos direitos de Blanco.

O meia é um dos aliados do Corinthians nessa negociação. Ele já avisou o clube argentino que não gostaria de permanecer na equipe e teria até acertado salários com o Timão.

Sebastián Blanco é um pedido do técnico Tite. O treinador acompanhou o desempenho do jogador na partida contra o Timão, na primeira fase da Copa Libertadores do ano passado, e gostou do que viu. Blanco tem 27 anos e passagens pelo futebol inglês e ucrâniano, além do argentino.

Veja Mais:

  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Livro dá chance para torcedores participarem de aula de fotografia na Arena Corinthians

    Workshop de fotografia na Arena é uma das recompensas para quem apoiar o livro do estádio

    ver detalhes
  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes