Gaviões da Fiel é punida por uso de sinalizadores na final da Copinha

Gaviões da Fiel é punida por uso de sinalizadores na final da Copinha

Por Meu Timão

Gaviões está proibida de acessar estádios paulistas por 60 dias

Gaviões está proibida de acessar estádios paulistas por 60 dias

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Timão, foi punida pela Federação Paulista de Futebol (FPF) pelo uso de sinalizadores durante a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, disputada entre Corinthians e Flamengo, na última segunda-feira, no estádio do Pacaembu. A informação é do portal GloboEsporte.com.

A partir do próximo dia 31 (domingo), a torcida terá de cumprir uma suspensão de 60 dias, estando impedida de acessar os estádios do estado de São Paulo com faixas, bandeiras e instrumentos musicais que identifiquem a organizada. A sanção vale para os jogos do Campeonato Paulista.

Segundo a publicação, a federação vai enviar um documento aos Órgãos de Segurança do Estado e ao Ministério Público do Estado de São Paulo para que a determinação seja cumprida à risca. Em contrapartida, o Corinthians não sofrerá quaisquer punições por conta da ação de parte de seus torcedores.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o juiz Rafael Gomes Felix da Silva, responsável pela arbitragem da decisão da Copinha, precisou interromper o andamento da partida por conta do uso de sinalizadores. Alguns integrantes da Gaviões da Fiel acenderam os artefatos na arquibancada, o que dificultou a visibilidade dos jogadores dentro de campo.

A paralisação do jogo durou cerca de quatro minutos. Após o apito final, a ocorrência foi registrada na súmula, dando poder à FPF para tomar as medidas cabíveis. Ao contrário do esperado, o Timão não foi penalizado – em 2015, o Corinthians teve de mandar um embate contra a Chapecoense para Araraquara pelo mesmo motivo.

Veja Mais:

  • Vidotto, Léo Príncipe, Bastos e Giovanni: quarteto não está nos planos em 2018

    Vetados do Paulistão e 'encostados': os nove jogadores que não devem ficar no Corinthians

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado no início da atual temporada

    Mesmo sem clube quando contratado, Renê Júnior custará R$ 5 milhões aos cofres do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim destoou em goleada corinthiana sobre São Caetano; Neto 'pediu cabeça' do atacante

    Com até cutucada em Tite, Neto detona manutenção de Kazim como titular do Corinthians

    ver detalhes
  • Warian está fora dos planos de Carille para 2018

    Por questões contratuais, volante tem empréstimo dificultado e pode ficar encostado no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes