Em busca de evolução, clube chinês conta com quatro profissionais ex-Corinthians

Em busca de evolução, clube chinês conta com quatro profissionais ex-Corinthians

Por Meu Timão

Além de Gil, Shandong conta com Jucilei, Mano Menezes e Bruno Mazziotti, todos ex-profissionais do Corinthians

Além de Gil, Shandong conta com Jucilei, Mano Menezes e Bruno Mazziotti, todos ex-profissionais do Corinthians

Foto: Reprodução/Twitter

Incentivados pelo governo, os clubes chineses não têm medido esforços para melhorar o nível do futebol no país. Somente neste início de temporada, o Corinthians, atual campeão brasileiro, perdeu quatro jogadores para o mercado mandarim: Gil, Ralf, Renato Augusto e Jadson. Um time, em especial, concentrou suas atenções em profissionais com passagem pelo Parque São Jorge.

Após a saída de Cuca do cargo de treinador, em dezembro do ano passado, o Shandong Luneng (CHN) anunciou a contratação de Mano Menezes, campeão da Série B (2008), do Campeonato Paulista (2009) e da Copa do Brasil (2009) pelo Corinthians. Em 2014, o técnico comandou o Timão e, apesar de não conquistar títulos, garantiu a classificação para a Libertadores.

A relação entre Shandong e Corinthians, porém, não para por aí. Em junho do ano passado, o time contratou o volante Jucilei, que estava no Al Jazira, dos Emirados Árabes, desde 2014. Antes de atuar em mercados alternativos, o meio-campista se destacou vestindo a camisa alvinegra entre 2009 e 2011, período em que chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira.

O “uso” do Corinthians como referência não se limita apenas às quatro linhas. No fim da temporada passada, o Timão perdeu um de seus principais profissionais para o Shandong. Apontado como responsável pela recuperação de atletas como Renato Augusto e Alexandre Pato, o fisioterapeuta Bruno Mazziotti deixou o clube para chefiar o departamento físico do time mandarim.

A mais recente contratação ex-Corinthians é o zagueiro Gil. Titular da equipe hexacampeã nacional, o defensor reforçou o Shandong depois de receber uma proposta de 10 milhões de euros (R$ 43 milhões). Eleito o melhor jogador de sua posição por dois anos consecutivos no Brasileirão, ele renderá em torno de R$ 39 milhões aos cofres alvinegros.

Veja Mais:

  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes