Tite volta a pedir 'compreensão' à torcida e evita comparações com 2015

Prestes a fazer sua estreia no Campeonato Paulista, o Corinthians atravessa um momento agitado fora dos gramados. A respeito da formulação da equipe, o técnico Tite voltou a pedir paciência à Fiel.
Campeão brasileiro, Tite terá de 'quebrar a cabeça' para montar o novo Corinthians

Campeão brasileiro, Tite terá de 'quebrar a cabeça' para montar o novo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Prestes a fazer sua estreia no Campeonato Paulista, o Corinthians atravessa um momento agitado fora dos gramados. Enquanto o atacante Malcom está de saída para o Bordeaux, da França, o meia Giovanni Augusto e o atacante André devem chegar ao Parque São Jorge nos próximos dias. A respeito da formulação da equipe, o técnico Tite voltou a pedir paciência à Fiel.

“A expectativa é de que a torcida entenda o momento que estamos passando. Vamos precisar muito da compreensão e do carinho do torcedor. É uma equipe que está se reestruturando e vai oscilar dentro do próprio jogo. Meu pedido para o torcedor é de que entenda, ajude, auxilie os atletas”, afirmou Tite, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira.

Somente neste início de temporada, seis atletas campeões brasileiros deixaram o clube. São eles: Edu Dracena (Palmeiras), Gil (Shandong Luneng-CHN), Ralf e Renato Augusto (Beijing Guon-CHN), Jadson (Tianjin Quanjian-CHN) e Vagner Love (Monaco-FRA). Ponderado, o comandante alvinegro admitiu que a reconstrução do time levará tempo.

“Não estou sendo oportunista. Uma equipe de trabalho, um conjunto todo, bate campeão. Às vezes, um aparece mais que o outro. São etapas totalmente diferentes. Vou pegar só um exemplo. Vagner Love é cascudo, experiente. Quando trouxemos, eu disse por telefone a ele que a vinda seria importante”, recordou o treinador, que ainda relacionar a “debandada” de 2015 com a de agora.

“Temos agora uma equipe jovem. Ela vai oscilar. É injusto trazer Guilherme e achar que com três meses vai produzir seu normal. Não se faz futebol assim. No ano passado, jogando daquela forma, aquilo é ponto fora da curva. Não dá para medir exceções”.

Até o momento, o Corinthians acertou a chegada de seis reforços: o goleiro Douglas Friedrich (Bragantino), o zagueiro Vilson (Chapecoense), o volante Willians (Cruzeiro) e os meias Marlone (Sport), Alan Mineiro (Bragantino) e Guilherme (Antalyaspor). A expectativa é de que André e Giovanni Augusto, do Atlético-MG, sejam anunciados nos próximos dias.

O Timão estreia no Paulistão neste domingo, contra o XV de Piracicaba, às 17h, na Arena Corinthians. Para Tite, a pré-temporada nos Estados Unidos foi benéfica para o início de temporada do clube alvinegro. “Jogar bem contra o Shakhtar deu confiança aos atletas, para que possam ter essa continuidade de crescimento. Até onde vai? Não sei”, avisou.

“Que continue crescendo Romero... eu ia falar Malcom... mas vou falar (risos). Vamos procurar dar essa continuidade nos treinos e agora nos jogos”, completou o comandante.

Tite volta a pedir 'compreensão' à torcida e evita comparações com 2015 Tite volta a pedir 'compreensão' à torcida e evita comparações com 2015 123
2016-01-30T09:30:26-03:00

Veja Mais:

  • Corinthians foi campeão da edição 2012 da Libertadores

    Conmebol anuncia mudanças, e Libertadores será disputada de fevereiro a novembro a partir de 2017

    ver detalhes
  • Amistoso, ainda sem previsão de data, deve ser realizado na Arena

    Calendário esfria amistoso entre Corinthians e equipe americana

    ver detalhes
  • Sassá, de 22 anos, vem se destacando pelo Botafogo

    Corinthians tem interesse em contratar artilheiros do Botafogo e do CRB

    ver detalhes
  • Ronaldo brilhou com a camisa dos dois clubes em sua carreira

    De Ronaldo a Éverton Ribeiro; veja quem atuou por Corinthians e Cruzeiro nas últimas temporadas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Luuh

    Luuh 12 comentários

    por @luuh.cristina1

    Tite terá muito dificuldade pra montar um time, mas confio no trabalho dele. Vai fazer com que os jogadores regulares, virem bons e que em 2016 voltemos a ganhar títulos pra calar a boca dos corintianos desacreditados e o antis. Ele é o melhor treinador do Brasil, temos que confiar. Acredito que ganharemos títulos neste ano, mas acho que ganharemos sofrendo, afinal senão for sofrendo, não é Corinthians.Porque nós somos maloqueiros e sofredor, graças a Deus.

    Boa sorte, Tite...Vaaaaai Corinthians

    Não consigo nem dizer,
    Tudo o que sinto
    Eu só sei que até morrer,
    Coringão estarei contigo

    Por toda sua história,
    Por toda sua tradição
    Até o fim da minha vida,
    Te amo Timão

  • Foto do perfil de Wilson

    Ranking: 1182º

    Wilson 463 comentários

    por @wilson.silva17

    Se for ver, o time pode ficar melhor do que do ano passado, agora falta vir o Teó pra ocupar a vaga de centroavante!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Anisio

    Ranking: 605º

    Anisio 816 comentários

    121º. por @amoamolim

    Eduardo, tudo isso eu acho que não passa de tese. Em tese o time estará mais entrosado para o Brasileirão, assim como em tese, aqueles que mantiveram pelo menos 80% de seus elencos estarão com mais chances de títulos. E como você disse, que o Tite disse, sobre memória, hoje ao meu ver está um pouco mais fácil de memorizar, porque já tem um padrão a seguir. Outrora, teve que primeiro fazer o padrão e depois memorizar, que são duas situações.
    Em tese portanto, se levarmos em conta essa situação, a memorização vai melhorar até a chegada ou as primeiras rodadas do Brasleirão. Mas já estaria bastante satisfeito se viesse a Copa do Brasil, aí sim, cairia naquilo que você falou de que estaríamos muito mais entrosados já bem memorizados na liberta de 2017, e as chances seriam muito boas. Isso é claro, se não houver outro furação asiático e levarem os jogadores que se destacarem.
    Isso também pode se considerar uma tese. Mas, como todo o Corinthiano, eu creio que iremos bem nesse ano também.

    Foto do perfil de Eduardo

    Eduardo 425 comentários

    31/01/2016 às 00h55 por @edutakata

    Por isso mesmo eu acho que temos mais chances no Brasileirão. Na Libertadores e no paulista, ainda teremos um time em formação, as oscilações serão grandes, principalmente em momentos cruciais como no mata-mata da Libertadores. Provavelmente por não teremos um time jogando de memória, como diz o Tite. Em momentos cruciais oscilaremos muito pela falta de entrosamento, e consequentemente confiança. Poderíamos usar o paulista e a Libertadores do primeiro semestre para criar um time. Jogar para não perder no início do Brasileirão, e finalmente, no segundo semestre poderíamos dar a largada final, como foi no ano passado.

  • Foto do perfil de Eduardo

    Ranking: 1283º

    Eduardo 425 comentários

    120º. por @edutakata

    Por isso mesmo eu acho que temos mais chances no Brasileirão. Na Libertadores e no paulista, ainda teremos um time em formação, as oscilações serão grandes, principalmente em momentos cruciais como no mata-mata da Libertadores. Provavelmente por não teremos um time jogando de memória, como diz o Tite. Em momentos cruciais oscilaremos muito pela falta de entrosamento, e consequentemente confiança. Poderíamos usar o paulista e a Libertadores do primeiro semestre para criar um time. Jogar para não perder no início do Brasileirão, e finalmente, no segundo semestre poderíamos dar a largada final, como foi no ano passado.

    Foto do perfil de Anisio

    Anisio 816 comentários

    30/01/2016 às 17h04 por @amoamolim

    Eduardo, pra mim a Libertadores é uma competição que você pode jogar até mesmo com alguma oscilação, desde que não seja nos momentos cruciais do mata-mata. O Brasileiro não. É regularidade da primeira partida até a última. E não é fácil manter. São pelo menos 10 times brasileiros (elimino Vasco e Botafogo) com chances iguais, e as vezes 2/3 que querem fazer parte do círculo fechado. Pra mim o Brasileiro, é o campeonato mais difícil de ser disputado no mundo. Nenhuma liga do mundo tem 10 times com chances iguais para vencer o torneio, somente no Brasil, embora o futebol esteja um pouco abaixo técnicamente. Minha opinião, evidente que respeito as demais

  • Foto do perfil de Rodolfo

    Ranking: 2134º

    Rodolfo 256 comentários

    119º. por @rodolfo.corintiano

    Imaginem esse time, com reservas: Cássio (Walter); Uendel (Arana), Felipe (Vilson), Yago (Pedro Henrique) e Fagner (Edilson); Willians (Cristian), Elias (Bruno Henrique), Guilherme (Danilo) e Giovani Augusto (Marlone); André (Romero) e Lucca (Luciano)

  • Foto do perfil de ANDERSON

    Ranking: 2448º

    Anderson 218 comentários

    118º. por @andersonrc

    Eu acredito no trabalho do Tite... Em 2015 ele pegou todos os rejeitados por Mano Menezes e levou até o Hexa.

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 1290º

    Rafael 422 comentários

    117º. por @rafael.jm

    Tite...
    Dificuldades com certeza irão existir... Falta disso ou daquilo... Mas PACIÊNCIA é fundamental... E o nosso treinador já mostrou ser capaz de liderar esse grupo e fazer as escolhas certas!
    Vai Corinthians

  • Foto do perfil de Cristian

    Ranking: 139º

    Cristian 2550 comentários

    116º. por @cristianfoz

    Eu acredito no elenco! Com muita raça e foco... Podemos ir longe

  • Foto do perfil de Anisio

    Ranking: 605º

    Anisio 816 comentários

    115º. por @amoamolim

    Eduardo, pra mim a Libertadores é uma competição que você pode jogar até mesmo com alguma oscilação, desde que não seja nos momentos cruciais do mata-mata. O Brasileiro não. É regularidade da primeira partida até a última. E não é fácil manter. São pelo menos 10 times brasileiros (elimino Vasco e Botafogo) com chances iguais, e as vezes 2/3 que querem fazer parte do círculo fechado. Pra mim o Brasileiro, é o campeonato mais difícil de ser disputado no mundo. Nenhuma liga do mundo tem 10 times com chances iguais para vencer o torneio, somente no Brasil, embora o futebol esteja um pouco abaixo técnicamente. Minha opinião, evidente que respeito as demais

    Foto do perfil de Eduardo

    Eduardo 425 comentários

    30/01/2016 às 07h37 por @edutakata

    Eu acho que este ano poderíamos tentar o bi do brasileirão, mas a Libertadores seria difícil. Se ano que vem não tiver outro desmanche, acho que estaremos muito fortes, para chegarmos com tudo na Liberta.

  • Foto do perfil de Marlão

    Ranking: 243º

    Marlão 1670 comentários

    114º. por @marlao

    Força Adenor!

  • Foto do perfil de Michael

    Ranking: 135º

    Michael 2592 comentários

    113º. por @michael0707

    O Mônaco recusou o Falcão Garcia pk tinha contratado o Mito, a Lenda, o deus itaqueiresente, Vagner deus Love

    Foto do perfil de Marllus

    Marllus 131 comentários

    30/01/2016 às 09h48 por @marllus.thuane

    O Tite conseguiu fazer o Vagner Love ser comprado pelo Mônaco, o cara é tipo Zeus no Olimpo! Zika das galáxias!'

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 43º

    Ricardo 5723 comentários

    112º. por @ricardo.ogusuku

    Dificuldades no começo o Tite vai ter, mais com as boas contratações o time do Corinthians vai entrosar rápido, o campeonato paulista será bons testes para entrosar a equipe!