Fagner pede calma por entrosamento e estipula meta para o Timão em 2016

Fagner pede calma por entrosamento e estipula meta para o Timão em 2016

Por Meu Timão

Fagner entra sendo um dos líderes da equipe em 2016

Fagner entra sendo um dos líderes da equipe em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Dois anos após voltar ao Timão, o lateral-direito Fagner é um dos mais experientes do elenco atual. Por isso, é tido como um líder natural no novo elenco corinthiano. Ciente da responsabilidade jogador se abriu para falar quais são as expectativas do time após a saída de muitos jogadores titulares, e pediu paciência para que se possa criar, aos poucos, entrosamento.

"A meta principal deste ano é competir em todas as competições possíveis. Com a perda de jogadores é importante que tenhamos uma equipe muito competitiva. É difícil ter bons resultados logo no começo. A equipe está sendo reformulada e, o quanto antes, temos que conquistar o conjunto, isso vai ser essencial para que consigamos nos tornar mais fortes. Então, é essa a lógica, tornar-nos competitivos para que a gente consiga se agrupar o mais rápido possível", relatou o defensor ao site da Federação Paulista de Futebol.

Nos últimos dois meses saíram cinco atletas considerados titulares - o sexto dever ser o garoto Malcom. Vendo esse cenário, Fagner ressaltou seu apoio aos recém-chegados e também aos meninos da base - lembrando que o jogador também foi revelado pelo Timão.

"Acho que a gente procura ver a situação da melhor forma possível. Sabemos que muito se comenta sobre o desmanche do Corinthians, pelo fato da maioria dos jogadores titulares terem saído, mas neste momento, a gente tem que confiar nos atletas que estão chegando em cima. Temos o exemplo dos meninos da base que subiram agora e que, no caso deles, quando as oportunidades aparecem, devemos fazer delas o máximo possível para que a gente consiga ter um crescimento e aprendizado em nossas carreiras. Futebol é uma coisa muito dinâmica, essas coisas sempre acontecem, mas o mais importante é pensar sempre positivo e focar no trabalho que tem sido feito", disse o camisa 23.

A estreia oficial do Corinthians em 2016 acontece neste domingo, às 17h, contra o XV de Piracicaba. O time começa o ano jogando em seu estádio, que foi imprescindível na conquista do Campeonato Brasileiro. O defensor do alvinegro falou do início da equipe, e quer que o time jogue em "alto nível" para criar entrosamento.

"Ainda é cedo. Acho que num momento em que se perdem cinco jogadores titulares, o principal é fazer jogos de altíssima qualidade e isso é muito importante no decorrer das competições, com o Paulista não poderia ser diferente. Como eu falei, nos primeiros jogos é considerável que haja um alto nível de competitividade para nos formarmos com o maior entrosamento possível para as próximas temporadas", completou.

Veja Mais:

  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes
  • Jô, artilheiro do Corinthians na temporada com 15 gols, não balançou as redes nesta quarta-feira

    Fora de casa, líder Corinthians para na retranca do Avaí e volta a empatar no Brasileirão

    ver detalhes
  • Walter não garantiu permanência no Corinthians

    Walter não garante permanência no Corinthians: 'Estou aguardando'

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel não viveu boa noite na Ressacada

    Torcida do Corinthians escolhe árbitro e Marquinhos Gabriel como vilões por empate contra o Avaí

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes