Fagner pede calma por entrosamento e estipula meta para o Timão em 2016

8.8 mil visualizações 55 comentários

Por Meu Timão

Fagner entra sendo um dos líderes da equipe em 2016

Fagner entra sendo um dos líderes da equipe em 2016

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Dois anos após voltar ao Timão, o lateral-direito Fagner é um dos mais experientes do elenco atual. Por isso, é tido como um líder natural no novo elenco corinthiano. Ciente da responsabilidade jogador se abriu para falar quais são as expectativas do time após a saída de muitos jogadores titulares, e pediu paciência para que se possa criar, aos poucos, entrosamento.

"A meta principal deste ano é competir em todas as competições possíveis. Com a perda de jogadores é importante que tenhamos uma equipe muito competitiva. É difícil ter bons resultados logo no começo. A equipe está sendo reformulada e, o quanto antes, temos que conquistar o conjunto, isso vai ser essencial para que consigamos nos tornar mais fortes. Então, é essa a lógica, tornar-nos competitivos para que a gente consiga se agrupar o mais rápido possível", relatou o defensor ao site da Federação Paulista de Futebol.

Nos últimos dois meses saíram cinco atletas considerados titulares - o sexto dever ser o garoto Malcom. Vendo esse cenário, Fagner ressaltou seu apoio aos recém-chegados e também aos meninos da base - lembrando que o jogador também foi revelado pelo Timão.

"Acho que a gente procura ver a situação da melhor forma possível. Sabemos que muito se comenta sobre o desmanche do Corinthians, pelo fato da maioria dos jogadores titulares terem saído, mas neste momento, a gente tem que confiar nos atletas que estão chegando em cima. Temos o exemplo dos meninos da base que subiram agora e que, no caso deles, quando as oportunidades aparecem, devemos fazer delas o máximo possível para que a gente consiga ter um crescimento e aprendizado em nossas carreiras. Futebol é uma coisa muito dinâmica, essas coisas sempre acontecem, mas o mais importante é pensar sempre positivo e focar no trabalho que tem sido feito", disse o camisa 23.

A estreia oficial do Corinthians em 2016 acontece neste domingo, às 17h, contra o XV de Piracicaba. O time começa o ano jogando em seu estádio, que foi imprescindível na conquista do Campeonato Brasileiro. O defensor do alvinegro falou do início da equipe, e quer que o time jogue em "alto nível" para criar entrosamento.

"Ainda é cedo. Acho que num momento em que se perdem cinco jogadores titulares, o principal é fazer jogos de altíssima qualidade e isso é muito importante no decorrer das competições, com o Paulista não poderia ser diferente. Como eu falei, nos primeiros jogos é considerável que haja um alto nível de competitividade para nos formarmos com o maior entrosamento possível para as próximas temporadas", completou.

Veja Mais:

  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x