Nome de meia é registrado no BID e ele já pode estrear no Timão

Nome de meia é registrado no BID e ele já pode estrear no Timão

Por Meu Timão

Guilherme já está liberado para atuar no Corinthians

Guilherme já está liberado para atuar no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois de duas semanas treinando, o meia Guilherme finalmente foi registrado como jogador do Corinthians no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O nome do jogador apareceu nesta segunda-feira, com contrato iniciando no dia 28 de janeiro e terminando em 31 de dezembro de 2019. São quatro anos de vínculo com o Timão.

No registro da Federação Paulista de Futebol (FPF), que é a responsável pelo Campeonato Paulista, no entanto, o nome do jogador ainda não aparece regularizado. Ele foi inscrito pelo Corinthians, segundo lista divulgada pelo próprio clube.

Guilherme chegou do futebol da Turquia enquanto a equipe estava nos Estados Unidos. Se juntou ao grupo e tem treinado todos os dias. Agora, já deve poder fazer sua estreia com a camisa alvinegra.

Mais três reforços ainda não foram regularizados. O volante Willians, o meia Giovanni Augusto e o atacante André ainda não assinaram seus contratos. A expectativa é que todos estejam regularizados na próxima semana.

Confira o registro de Guilherme no BID da CBF

Veja Mais:

  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Fora de ação por lesão, Pablo deixou recado em rede social nesta quinta-feira

    Pablo faz post misterioso em rede social: 'Tudo isso é mentira'; esposa se pronuncia

    ver detalhes
  • Tite está entre os principais treinadores do ano para a FIFA

    Ídolo no Corinthians, Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo pela Fifa

    ver detalhes
  • Crescimento do Fiel Torcedor se reflete nas arquibancadas

    Corinthians ultrapassa rival e assume primeira colocação em ranking de sócios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes