Alessandro explica por que Corinthians não aumentou valor de multas rescisórias

Alessandro explica por que Corinthians não aumentou valor de multas rescisórias

Por Meu Timão

31 mil visualizações 252 comentários Comunicar erro

Ex-jogador, Alessandro (à direita) trabalha como coordenador técnico do Timão desde 2014

Ex-jogador, Alessandro (à direita) trabalha como coordenador técnico do Timão desde 2014

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Até o momento, seis jogadores titulares do Corinthians hexacampeão brasileiro acertaram sua saída para equipes do exterior. No entanto, segundo a avaliação de parte da torcida alvinegra, o montante arrecadado pelo Timão com as negociações está aquém do ideal. Atual coordenador de futebol do clube, Alessandro falou sobre o assunto.

“A multa nem sempre vai ser o valor da venda. Essa muita só é lembrada quando ela é baixa, o clube (que está comprando o atleta) vai lá, paga é só comunica o clube. Quando ela é alta você vai ter que negociar. São casos e casos”, explicou o ex-lateral-direito durante participação no programa Bem, Amigos!, do canal SporTV.

No caso de Jadson, o Corinthians não teve de pagar nenhuma quantia para tirá-lo do São Paulo, no início de 2014. Em contrapartida, a cúpula alvinegra cedeu o pedido do armador para que sua multa rescisória fosse baixa, facilitando uma eventual transferência no futuro.

“O Jadson, que foi o primeiro exemplo, foi vendido já no final do ano. Ele tinha uma multa de gatilho, a cada ano que passava ela ia diminuindo. Nós não tínhamos como alterar essa multa a não ser fazendo um novo contrato”, acrescentou o dirigente.

Camisa 10 da equipe comandada por Tite, Jadson foi comprado por 5 milhões de euros pelo Tianjin Quanjian (CHN). O Corinthians, por sua vez, embolsou apenas 30% das cifras (aproximadamente R$ 6,5 milhões). Além do apoiador, outros quatro atletas foram negociados da mesma forma – o clube interessado pagando o valor integral da multa rescisória.

Confira abaixo um trecho da Lei Pelé que trata do assunto

“O valor da cláusula indenizatória desportiva a que se refere o inciso I do caput deste artigo será livremente pactuado pelas partes e expressamente quantificado no instrumento contratual:
I - até o limite máximo de 2.000 (duas mil) vezes o valor médio do salário contratual, para as transferências nacionais; e
II - sem qualquer limitação, para as transferências internacionais”

Veja quanto o Corinthians lucrou com negociações

Gil - Shandong Luneng (CHN): R$ 39 milhões
Renato Augusto - Beijing Guoan (CHN): R$ 17,5 milhões
Vagner Love - Monaco (FRA): R$ 5 milhões
Ralf - Beijing Guoan (CHN): R$ 4,5 milhões
Jadson - Tianjin Quanjian (CHN): R$ 6,5 milhões
Malcom - Bordeaux (FRA): R$ 12 milhões
Edu Dracena - Palmeiras: Rescisão contratual

Valor total: R$ 84,5 milhões

Veja Mais:

  • Filme retrata a antiga ligação do Corinthian-Casuals com o Timão

    Filme sobre a história dos Corinthians será lançado em Londres

    ver detalhes
  • Gabriel foi uma das novidades de Jair Ventura para a decisão diante do Cruzeiro

    Mano soube da escalação do Corinthians na véspera da final, revela zagueiro do Cruzeiro

    ver detalhes
  • VÍDEO: O ano não acabou! | #94

    ver detalhes
  • Jogadores treinaram na tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava

    Jair Ventura não esboça time titular para encarar o Vitória; trio não vai a campo e lateral é dúvida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes