Perda de jogadores do Corinthians repercute no New York Times

19 mil visualizações 70 comentários

Por Meu Timão

Destaques do Corinthians na conquista do Brasileiro de 2015, Gil, Ralf e Jadson chamaram a atenção do futebol chinês

Destaques do Corinthians na conquista do Brasileiro de 2015, Gil, Ralf e Jadson chamaram a atenção do futebol chinês

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A ida de jogadores brasileiros para a Ásia não tem sido um assunto comentado apenas no Brasil. Uma prova disso é que o tradicional New York Times, dos Estados Unidos, publicou uma matéria nesta segunda-feira abordando as transferências para a China dos atletas que se destacaram no campeonato nacional e citou o Corinthians como o principal prejudicado com esse interesse dos asiáticos.

Com o título “China Is Latest Destination for Brazilian Stars” – “China é o mais recente destino para estrelas brasileiras”, em português -, a matéria mostra que o mercado europeu, que tradicionalmente era o destino dos grandes talentos, hoje já não é mais unânime e divide espaço com o futebol chinês.

“Na melhor liga de futebol desse país, o Brasileirão, os times estão acostumados com telefonemas. Eles os esperam. Agentes e executivos, intermediários e gestores, todos eles estão olhando para fazer um acordo com o maior shopping center do jogo. Mas uma vez que o interesse costumava vir de Madri ou Milão, nos dias de hoje a voz do outro lado da linha, as equipes dizem, é mais provável que sejam de Pequim ou Xangai. E cada vez mais, os pretendentes chineses estão procurando comprar apenas os melhores”, aponta a publicação.

O tradicional periódico norte-americano ressalta que o futebol brasileiro sempre foi um grande exportador de jogadores, mas que atualmente a China vem ganhando espaço principalmente devido aos problemas financeiros do Brasil e de seus clubes.

O primeiro exemplo da ascensão do mercado chinês é o Corinthians. Além de citar as transferências de Gil, Ralf, Renato Augusto e Jadson, a matéria cita o quanto o desmanche pode ter sido prejudicial ao Alvinegro.

“O Corinthians dominou a última temporada, terminando no primeiro lugar por 12 pontos, e o sentimento era de que o título da América do Sul (Libertadores) e o retorno ao Mundial de Clubes fossem possíveis neste ano. Mas isso foi antes da equipe perder oito jogadores”, diz o New York Times, que ainda aborda outras negociações envolvendo brasileiros e diz que as transferências já estão deixando dirigentes preocupados sobre o futuro da Seleção Brasileira, já que Ramires, que havia disputado a última Copa do Mundo, e Renato Augusto e Gil, que estiveram nos planos de Dunga nas últimas partidas, trocaram mercados mais tradicionais pelo rico mercado chinês.

Veja Mais:

  • Cazares ficará à disposição de Coelho na Neo Química Arena

    Coelho confirma Cazares entre os relacionados e se anima após conversa com o meia: 'Ele quer demais'

    ver detalhes
  • Cássio no treinamento deste sábado no CT Dr. Joaquim Grava

    Cássio tenta encerrar maior sequência de jogos sendo vazado no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians vem sendo alvo de inúmeros processos trabalhistas; condenação na ação de ex-controller é mais uma dor de cabeça

    Corinthians é condenado em ação de ex-controller de Dualib; advogado pede bloqueio do naming rights

    ver detalhes
  • Mário Gobbi Filho e Paulo Garcia devem se unir para disputar a eleição presidencial contra Duílio Monteiro Alves, Augusto Mello e Ricardo Martitan

    Eleição no Corinthians: coalizão entre Mário Gobbi e Paulo Garcia é encaminhada após reuniões

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou o treinamento deste sábado no CT Joaquim Grava

    Coelho manda indireta sobre o Corinthians: 'Ser comandante não é ser dono do CT ou do clube'

    ver detalhes
  • Corinthians se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

    Corinthians fecha rodada a um ponto da zona de rebaixamento; time só ganhou de quem está atrás

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: