Em reunião com clubes, Corinthians rejeita proposta da Conmebol e quer ajuste maior de premiações

Em reunião com clubes, Corinthians rejeita proposta da Conmebol e quer ajuste maior de premiações

Por Meu Timão

Boicote ao torneio sul-americano ainda não foi descartado

Boicote ao torneio sul-americano ainda não foi descartado

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians segue trabalhando ao lado de outros clubes da América do Sul em busca de melhorias nas competições organizadas pela Conmebol. Insatisfeitos, os clubes se reuniram em Buenos Aires, nesta quarta-feira, e negaram a proposta da entidade sobre o prêmio dos clubes na fase de grupos da Copa Libertadores.

Os valores atuais são de 300 mil dólares (cerca de R$ 1.2 milhão na cotação atual). A proposta, divulgada pela entidade em seu site oficial, é de 600 mil dólares - o dobro disso. A Liga de Clubes exige pelo menos 750 mil dólares (cerca de R$ 2.9 milhões) para todos os participantes da fase de grupos. Os novos valores ainda estão em negociação.

Outra nova exigência é o prolongamento das datas do torneio, de seis para dez meses de duração - semelhante ao continente europeu. Ainda não foi descartada a possibilidade dos clubes boicotarem a competição, tendo alguns representantes de clubes ameaçando a Conmebol. O ex-presidente corinthiano Andrés Sanchez foi um dos primeiros a ameaçar um boicote à entidade sul-americana.

Foram mais de 30 clubes reunidos neste segundo encontro entre os clubes. Desta vez contou com a presença de oito clubes brasileiros: Corinthians, São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Flamengo, Santos, Palmeiras e Internacional. O próximo encontro entre os clubes deve acontecer no Brasil, próximo ao dia 15 de março.

Veja Mais:

  • Tite está entre os principais treinadores do ano para a FIFA

    Ídolo no Corinthians, Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo pela Fifa

    ver detalhes
  • Crescimento do Fiel Torcedor se reflete nas arquibancadas

    Corinthians ultrapassa rival e assume primeira colocação em ranking de sócios

    ver detalhes
  • Pablo deixou as negociações com o empresário Fernando César; segue tudo travado

    Desconfiança por proposta e pessimismo com renovação de Pablo tomam conta do Corinthians

    ver detalhes
  • Imagem ironizou os que esqueceram da participação alvinegra na Sul-Americana

    Corinthians desenha confrontos da Sul-Americana e volta a ironizar reclamações do calendário

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes