Giovanni Augusto espera conquistar títulos para entrar para a história do Timão

Giovanni Augusto espera conquistar títulos para entrar para a história do Timão

Por Meu Timão

Apresentado nesta sexta-feira, Giovanni Augusto já treinava no Corinthians

Apresentado nesta sexta-feira, Giovanni Augusto já treinava no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Oficialmente apresentado como jogador do Corinthians nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Giovanni Augusto espera entrar para a história do Corinthians. Chegando para suprir as perdas que a equipe sofreu no meio de campo, o atleta se diz preparado e espera conquistar títulos.

“Chego para suprir a necessidade de quem saiu, jogadores que fizeram historia no clube. Mas sou Giovanni Augusto, tenho outras características, mas quero fazer história também e estou preparado para isso. Eu tenho que pensar primeiro em conquistar títulos com essa camisa, que é quando o jogador entra para a história do clube. Me sinto preparado para que quando o professor Tite vier optar por mim, eu possa dar o melhor e possa conquistar grandes vitórias neste ano”, afirmou o meia.

Giovanni assinou seu contrato nesta quinta-feira. Como o próximo jogo do Timão só é na próxima quinta, após a pausa para o Carnaval, até lá o jogador deve ter o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e pode estar à disposição de Tite para o duelo contra o Capivariano, na Arena Corinthians.

"Estou trabalhando há quase dez dias, a folga será boa. Vou encontra minha esposa e filha, vamos para um hotel fazenda para descansar. Quem sabe jogar na próxima semana", disse o atleta.

Inevitável comparação – Ao ser questionado se chegaria para ser o novo Renato Augusto, o jogador mostrou não se incomodar com a comparação, porém deixou claro que tem suas próprias características.

"Não tenho medo de comparação, mas sou Giovanni Augusto. Tenho outro pensamento, outras vontades. Fico feliz por comparação porque é um grande jogador. Mas quero fazer a minha história pelo Corinthians", disse o meia, garantindo ser um jogar versátil.

"Futebol é dinâmico, tem de saber jogar em várias posições. Na do Jadson ou Renato Augusto. Tem de ver o que Tite quer que eu faça em campo", completou.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes