Após mudanças, Corinthians projeta faturamento milionário na fase de grupos

11 mil visualizações 44 comentários

Por Meu Timão

Timão inicia caminhada rumo ao bicampeonato dia 17, contra o Cobresal (CHL), fora de casa

Timão inicia caminhada rumo ao bicampeonato dia 17, contra o Cobresal (CHL), fora de casa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians já tem conhecimento do quanto deve faturar com a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com as novas premiações, anunciadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) na última semana, e a comercialização de ingressos, o financeiro do Timão pretende arrecadar mais de R$ 16 milhões. A informação é do jornal LANCE!.

A princípio, a projeção se deve a três fatores determinantes: fim da taxa de 10% da renda bruta das partidas, aumento no valor pago pela entidade para jogos em casa e a venda de tickets pelo Fiel Torcedor, programa de fidelização do clube alvinegro.

Até 2015, a Conmebol, responsável pela organização do torneio continental, cobrava 10% da renda com bilheteria dos clubes em cada duelo. O encargo era considerado abusivo por parte do Corinthians – na última edição da Libertadores, por exemplo, o time do Parque São Jorge repassou cerca de R$ 1,3 milhão à confederação pelos quatro embates disputados na Arena.

Além disso, a partir deste ano, as equipes receberão em torno de US$ 600 mil (cerca de R$ 2,4 milhões) por mando durante a fase de grupos. A efeito de comparação, o antigo montante era de US$ 300 mil – um reajuste de 100% do valor. Por fim, o Timão planeja faturar, a cada confronto em Itaquera, em torno de R$ 3 milhões de renda bruta (aproximadamente R$ 2 milhões líquidos).

Integrante do Grupo 8 da Libertadores, o Corinthians enfrentará Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHL) e o vencedor do confronto entre Oriente Petrolero (BOL) e Independiente Santa Fé (COL) durante a fase de grupos. A estreia acontece no próximo dia 17, contra o Cobresal, às 21h45 (horário de Brasília), fora de casa.

Críticas à Conmebol - A decisão da entidade em aumentar as premiações da Libertadores vai ao encontro das críticas de Andrés Sanchez, ex-superintendente de futebol do Corinthians. Incomodado com a desvalorização aos clubes, o dirigente promoveu uma campanha para que o Timão permanecesse fora das competições organizadas pela confederação - dentre elas, a Libertadores.

Confira a projeção de receita do Corinthians com a fase de grupos da Libertadores

Premiação da primeira fase: US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 7,2 milhões)
Renda: R$ 2,5 milhões de renda líquida por jogo em casa – R$ 7,5 milhões

Veja Mais:

  • Gustavo Silva no duelo com o RB Bragantino, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians joga mal, perde para o Red Bull Bragantino e não consegue colar no G6 do Brasileirão

    ver detalhes
  • Cazares foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Meia é eleito o melhor do Corinthians em campo em noite de notas baixas; dupla de atacantes é a pior

    ver detalhes
  • Mancini é bastante contestado pela Fiel após derrota em Itaquera

    Torcida do Corinthians critica Mancini e se irrita com atuação coletiva do time; veja repercussão

    ver detalhes
  • Mancini no jogo contra o Red Bull Bragantino, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

    Mancini explica escalação, ideias nas substituições e cobra Corinthians: 'Faltou muita coisa'

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu posição no Campeonato Brasileiro após mais uma derrota

    Corinthians desperdiça chance de colar no G6 e perde posição no Brasileiro; veja classificação

    ver detalhes
  • Velocidade de Mosquito foi muito mal explorada por um Corinthians totalmente mapeado

    Análise: derrota mostra que o Corinthians não pode se dar ao luxo de fazer o que o adversário quer

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: