Roberto de Andrade revela 'bronca' de Tite por comemoração antecipada na Libertadores de 2012

29 mil visualizações 90 comentários

Por Meu Timão

Tite deu bronca, mas só depois que viu que era Roberto de Andrade

Tite deu bronca, mas só depois que viu que era Roberto de Andrade

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O presidente Roberto de Andrade entregou, nesta sexta-feira, uma placa comemorativa a Tite pelos 350 jogos que o treinador completará no comando do Corinthians neste domingo e, em tom descontraído, relembrou a “bronca” que tomou do técnico na final da Libertadores de 2012. O motivo: ele e o então presidente Mário Gobbi estavam comemorando antes de o jogo acabar.

“Uma coisa que eu achei muito engraçada. Foi uma bronca que eu e o presidente Mario Gobbi levamos na final da Libertadores. Já éramos campeões, faltava uma volta de relógio ou mais, nos abraçamos e comemoramos o título, normal. Na hora que a gente fez isso, ele (Tite) deu um berro com a gente e perguntou porque estava fazendo aquilo se o jogo nem tinha acabado. É um fato marcante, eu to falando com toda a simplicidade, mas teve palavrão e tudo”, revelou Roberto de Andrande, que na época era diretor de futebol.

Sempre respeitoso com seus adversários, Tite se justificou dizendo que é contra a comemoração antecipada citando a histórica partida entre Manchester United e Bayern de Munique, na qual o time de Manchester virou o jogo marcando dois gols nos acréscimos e conquistou o título da Liga dos Campeões de 1998/1999.

“Antes disso eu quero lembrar do Fergunson que levantou do banco para parabenizar o Bayern, pois estava perdendo e já faltava pouco tempo. Foi lá e "PUF" o Manchester fez o gol, e depois acabou virando e sendo campeão. É do jogo, eu não vi que era 47, 48, eu não tinha visto quem chegou, ai eu ouvi no fundo o pessoal gritando 'Parabéns, Parabéns' e eu ' Parabéns porra nenhuma'. Quando eu vi que era o presidente, tive que mudar o tom de voz”, disse Tite, confessando que não sabia que realmente faltava muito pouco para o jogo terminar.

O Corinthians garantiu o título inédito da Libertadores ao vencer o Boca Juniors, por 2 a 0, no Pacaembu. No primeiro jogo, o Timão havia empatado com os argentinos, por 1 a 1, na Bombonera.

Veja Mais:

  • Cássio no treinamento deste sábado no CT Dr. Joaquim Grava

    Cássio tenta encerrar maior sequência de jogos sendo vazado no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians vem sendo alvo de inúmeros processos trabalhistas; condenação na ação de ex-controller é mais uma dor de cabeça

    Corinthians é condenado em ação de ex-controller de Dualib; advogado pede bloqueio do naming rights

    ver detalhes
  • Mário Gobbi Filho e Paulo Garcia devem se unir para disputar a eleição presidencial contra Duílio Monteiro Alves, Augusto Mello e Ricardo Martitan

    Eleição no Corinthians: coalizão entre Mário Gobbi e Paulo Garcia é encaminhada após reuniões

    ver detalhes
  • Dyego Coelho comandou o treinamento deste sábado no CT Joaquim Grava

    Coelho manda indireta sobre o Corinthians: 'Ser comandante não é ser dono do CT ou do clube'

    ver detalhes
  • Corinthians se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

    Corinthians fecha rodada a um ponto da zona de rebaixamento; time só ganhou de quem está atrás

    ver detalhes
  • Corinthians tenta compensação do Governo para seguir vendendo a meia-entrada na Arena

    Corinthians tenta acabar com a obrigatoriedade de meia-entrada nos jogos como mandante

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: