Nenê Bonilha fala sobre Corinthians e abre o jogo sobre jogar com Ronaldo e Adriano

Nenê Bonilha fala sobre Corinthians e abre o jogo sobre jogar com Ronaldo e Adriano

Por Meu Timão

Nenê Bonilha jogou apenas quatro partidas oficiais pelo Corinthians

Nenê Bonilha jogou apenas quatro partidas oficiais pelo Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Poucos corinthianos devem se lembrar do volante Nenê Bonilha, que passou pelo clube entre 2011 e 2014. O atleta foi contratado quando tinha apenas 19 anos, vindo do Paulista de Jundiaí. Atualmente ele atua na primeira divisão de Portugal. O jogador se lembra do período em que chegou no Corinthians, e se mostrou grato ao técnico Tite.

"Aprendi muita coisa no Corinthians. Era muito jovem, foi tudo uma grande surpresa. Cheguei lá vi o Ronaldo e outros jogadores que estava acostumado a ver pela televisão. Mas aprendi muito, só tenho a agradecer a todos que me acolheram. Aprendi muito com o Tite. Só que para mim foi difícil jogar lá. O time estava passando por dificuldades, tinha acabado de ser eliminado da Libertadores pelo Tolima. Era uma pressão enorme no clube. Como havia muitos jogadores consagrados, ficou difícil ter um lugar na equipe, que precisava de resultados imediatos. O Tite teve muito cuidado de lançar os garotos. Creio que foi mais por isso que não tive tantas oportunidades. Foi mais uma precaução para não manchar a minha carreira, não tinha experiência e não tinha jogado ainda uma competição tão importante. Eles me preservaram bastante, me blindaram", disse o meio-campista ao LANCE!.

Apesar de não ter atuado tanto pelo Timão, o jogador se lembra das lições que recebeu com alguns personagens famosos do futebol brasileiro, como Danilo, Ronaldo Fenômeno e Adriano Imperador.

"Foi muito bom. O Ronaldo se aposentou em um dia, eu cheguei dois dias depois. Mas estava sempre no Corinthians. O contato com ele era muito importante. Havia outros jogadores consagrados, como o Danilo, Adriano Imperador, Alessandro, Sheik, Guerrero. A cada dia era um aprendizado diferente. Era menino, e levo como aprendizado em todas as equipes pelas quais passei essa experiência que tive no Corinthians", lembrou o atleta.

"Ele (Adriano) foi um dos melhores jogadores com quem pude trabalhar, como pessoa, já que ele me dava muitos conselhos, era muito gente boa. E também com a bola nos pés, que não preciso nem falar. Mas não tenho como dizer o motivo pelo qual ele ficou tanto tempo sem jogar. O Adriano, na minha opinião, joga em qualquer time do mundo", completou.

Nenê Bonilha tinha assinado por quatro temporadas com o Timão, no meio de seu contrato chegou a ser emprestado ao Osasco Audax, Avaí e Vila Nova. Foram apenas quatro partidas com a camisa corinthiana. Seu único jogo como titular foi em 2013 - em empate contra o Paulista, por 1 a 1.

Seu contrato com o alvinegro terminou no final de 2014. Depois chegou a atuar pelo Rio Claro no Paulistão do ano passado. Agora está com 23 anos, e joga pelo Nacional, que está na 15° colocação do Campeonato Português.

Veja Mais:

  • Jô é mais uma vez decisivo para o Timão nos clássicos do Paulista

    'Rei dos clássicos', Jô é decisivo em empate do Corinthians contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Corinthians deve enfrentar o Botafogo-SP nas quartas de final

    Conheça o provável adversário do Corinthians nas quartas de final do Paulistão

    ver detalhes
  • Rogério ceni rendeu elogios ao atual treinador do Corinthians

    Rogério Ceni deixa rivalidade de lado para elogiar atitude de Carille

    ver detalhes
  • Jô marcou o único gol do Corinthians no Majestoso

    Atacante é eleito melhor em campo no clássico; lateral tem nova atuação fraca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes