Relembre 6 jogadores corinthianos que já brilharam contra o São Paulo

Relembre 6 jogadores corinthianos que já brilharam contra o São Paulo
Às 17h, Corinthians e São Paulo se enfrentam pela primeira vez desde o dia 22 de novembro de 2015. O Meu Timão relembra seis jogadores corinthianos que já brilharam no Majestoso.

Às 17h (de Brasília), Corinthians e São Paulo se enfrentam pela primeira vez desde o dia 22 de novembro de 2015. Naquela tarde de domingo, o Alvinegro do Parque São Jorge, então recém-hexacampeão brasileiro, não tomou conhecimento do time do Morumbi e aplicou a maior goleada da história do clássico Majestoso: 6 a 1.

Em alusão ao triunfo de gala, o Meu Timão relembra seis jogadores corinthianos que já brilharam diante do São Paulo, tido por alguns como o principal rival do clube paulista. A lista traz nomes como o de Danilo e de Elias, que compõem o elenco atual e costumam se agigantar em duelos contra o adversário da Barra Funda. Tupãzinho, herói do primeiro título nacional do Timão, não poderia ficar fora. Confira:

Danilo - O monstro

Apelidado de “Rei dos Clássicos”, Danilo está acostumado a se destacar em jogos contra sua ex-equipe. Em 28 de março de 2010, o meia marcou o segundo gol da vitória por 4 a 3, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista – o primeiro dele com a camisa alvinegra. No ano posterior, o camisa 20 abriu a contagem da goleada por 5 a 0, também no estádio Paulo Machado de Carvalho, pelo Campeonato Brasileiro. Dos 32 gols que anotou pelo Corinthians, seis foram sobre o São Paulo. Por isso, quando o assunto é vencer o time do Morumbi, Danilo é perito, mesmo aos 36 anos e próximo de pendurar as chuteiras.

Dida - O gigante

Tido como um dos maiores goleiros da história do Timão, Dida se tornava gigante quando o assunto era decisões. Em 28 de novembro de 1999 não foi diferente. O clássico contra o São Paulo, disputado no estádio do Morumbi, era válido pela semifinal do Campeonato Brasileiro. O Corinthians vencia por 3 a 2 até que, aos 17 minutos do segundo tempo, o árbitro Edílson Pereira de Carvalho viu mão de Nenê na bola dentro da área e marcou pênalti. Raí, ídolo da torcida são-paulina, foi para a cobrança e parou nos quase dois metros de altura do camisa 1 alvinegro. Não o bastante, já nos acréscimos, os donos da casa ganharam mais uma penalidade máxima. O camisa 10 do São Paulo, chamado até de “carrasco” do Corinthians, pede a bola e tem a chance de empatar o marcador. Mas Dida, frio e extremamente ágil, voa para o canto direito e defende o chute, se eternizando na memória dos 46.396 torcedores presentes nas arquibancadas.

Elias - O carrasco

Elias também já vez a Fiel vibrar com gols e belas atuações no Majestoso. Ao todo, o volante corinthiano disputou 11 clássicos diante do rival da Vila Sônia: venceu oito, empatou dois e perdeu apenas um. Seu desempenho ímpar nas partidas o fez ser chamado de “carrasco” do clube são-paulino. Entre 2009 e 2010, marcou cinco gols em sete confrontos e se tornou pesadelo para os torcedores adversários. No ano passado, pela estreia da fase de grupos da Libertadores, Elias chamou a responsabilidade e anotou um golaço contra a equipe do Morumbi. “Não é vocação. A equipe vem criando bastante. Não é por causa do São Paulo. Claro que é um grande jogo, um grande clássico. Todo mundo gosta de fazer gols, e eu me dou bem”, disse o volante, à época.

Cristian - O louco!

12 de abril de 2009, Corinthians e São Paulo faziam o jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista. Depois de sair atrás do placar, o Timão se lança ao ataque e consegue o gol de empate, com Elias, ainda no primeiro tempo. Já aos 47 minutos da etapa final, na última jogada do clássico, Cristian desarmava Jorge Wagner no meio de campo e carrega a bola em direção ao gol de Rogério Ceni. “... bobeou, perdeu. Cristian rouba dele, lá vai Cristian, fez a finta pro time do Corinthians, Cristian, pra marcar, bateu... GOOOOOOOOOOOOOOOOLLLL!”, narrava Nilson César, da rádio Jovem Pan. Após a pintura, o volante corre em direção aos torcedores são-paulinos e comemora cruzando os braços e estendendo os dedos médios, provocação que ficou marcada na história de quase 80 anos do Majestoso.

Teleco - O artilheiro

Uriel Fernandes, ou simplesmente Teleco, entra na lista por ser o maior goleador da história do Majestoso. O ex-atacante do Corinthians, aliás, foi o nome do primeiro clássico disputado entre as equipes, em março de 1936 – na ocasião, Teleco marcou todos os gols da vitória do Alvinegro por 3 a 1. Entre 1934 e 1944, o centroavante anotou 24 tentos somente sobre o São Paulo. Além do faro apurado contra o time da Vila Sônia, eternizou-se no Parque São Jorge ao marcar 254 gols em incríveis 248 jogos – maior média de gols de um jogador desde a fundação do Timão.

Tupãzinho - O talismã

O eterno “Talismã da Fiel” foi o responsável pelo gol que rendeu ao Corinthians o primeiro título do Campeonato Brasileiro, de 1990, diante do São Paulo. Apesar de não ser titular absoluto do time comandado por Ronaldo, Neto e Wilson Mano, o meia-atacante tinha a confiança da Fiel e costumava brilhar no segundo tempo. Em bela jogada de Fabinho pela direita, Tupãzinho apareceu entre os zagueiros e, na base da raça, completou de carrinho, anotando o gol da conquista alvinegra em pleno estádio do Morumbi. “A jogada foi muito bonita mesma. Nós tínhamos um bom entrosamento por aquele lado. Na hora de chutar, eu pensei que faria o gol. Mas a bola bateu no Cafu e sobrou para o Tupã ter a honra de empurrar para a rede. Acho que o gol tinha de ser dele. O Tupã sempre foi um cara amigo, humilde. Ele merecia mesmo”, reconheceu Fabinho.

(Fotos: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians - Reprodução)

E você, torcedor, quais jogadores incluiria na lista do Meu Timão? Deixe sua sugestão nos comentários!

Relembre 6 jogadores corinthianos que já brilharam contra o São Paulo Relembre 6 jogadores corinthianos que já brilharam contra o São Paulo 143

Veja Mais:

  • Cristóvão Borges deve mudar formação tática do Timão

    Cristóvão surpreende e define time titular contra o Internacional

    ver detalhes
  • Treinador garantiu que chance para Marlone está perto de acontecer

    Com meia e sem Arana, Timão divulga relacionados contra o Internacional

    ver detalhes
  • Fagner pode ser punido por entrada em jogador do Flamengo

    STJD denuncia Fagner por entrada em flamenguista

    ver detalhes
  • Goleador da segunda divisão do Brasileiro, 'Gustagol' interessa ao Corinthians

    Corinthians descarta investida por artilheiro da Série B; Cristóvão minimiza 'urgência'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes