Mistão do Timão leva mais um clássico contra o São Paulo na Arena

Corinthians Corinthians 2 x 0 São Paulo São Paulo

Paulista 2016

Mistão do Timão leva mais um clássico contra o São Paulo na Arena

Por Meu Timão

Yago marcou o segundo gol contra o São Paulo na Arena

Yago marcou o segundo gol contra o São Paulo na Arena

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Neste domingo, o Corinthians entrou em campo para o primeiro clássico do ano. Na Arena Corinthians, a equipe comandada por Tite, voltou a encarar o São Paulo, após atropelar os rivais na goleada por 6 a 1, pelo Campeonato Brasileiro de 2015. O resultado foi novamente positivo: 2 a 0 para o Timão.

O confronto, pouco mais de dois meses depois do massacre, viu dois times muito mudados: o São Paulo com um novo treinador; e o Corinthians em momento de reconstrução da equipe após a saída de seis titulares. Apesar disso, para o time do Morumbi o clima ainda era de revanche: pressionado pela diretoria, o técnico Bauza escalou a equipe com força máxima.

Apesar disso, o Timão preferiu não correr riscos. Com a iminência da partida de estreia pela Libertadores, em El Salvador, no Chile, o treinador repetiu a estratégia do ano anterior e entrou em campo com equipe mista. O jogo também marcou a estreia do centroavante André, como titular com a camisa do Corinthians.

Assim, o time foi a campo com Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Guilherme Arana; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Maycon, Rodriguinho e Lucca; André. Com o zagueiro Felipe como capitão, a equipe manteve o tradicional esquema tático do 4-1-4-1.

Primeiro tempo

A primeira etapa da partida mostrou um jogo tenso, especialmente faltoso e com violência excessiva da equipe visitante. Durante um lance, o zagueiro Felipe chegou a ser pisado por Calleri enquanto estava caído no chão; Fagner e Lucca também deixaram o gramado mancando após os 45 minutos, depois de divididas violentas.

Apesar disso, o Corinthians sobrou na etapa, levando mais perigo e apresentando melhor futebol. O São Paulo mostrava nervosismo, e graças a ele, o Timão conseguiu a vantagem no placar: sentindo a pressão, o zagueiro Lucão entregou um verdadeiro presente ao aniversariante do dia, Lucca.

No lance, aos 23 minutos de jogo, o defensor adversário deu praticamente uma assistência. Lucca não perdoou o erro e bateu com tudo contra as redes de Denis, abrindo o placar no clássico. O gol de Lucca foi o 13º sobre o São Paulo na Arena aumentando a estatística da equipe que mais sofreu gols do Timão.

Daí para frente, o Corinthians sobrou. Com direito a chapéus e uma belíssima defesa de Cássio, a equipe terminou o primeiro tempo com a vantagem que, se confirmada, daria a quarta vitória no quarto jogo oficial da equipe.

Segundo tempo

Para a segunda etapa, o Timão voltou sem alterações. A primeira mexida de Tite só veio aos 18 minutos, com a saída de Maycon - muito elogiado pelo técnico - para a entrada do volante Willian. A segunda mudança aconteceu aos 30 minutos: Danilo entrou em campo no lugar do estreante André.

Com menos ímpeto, o Timão deixou o São Paulo crescer e lutou um pouco para retomar o ímpeto. A equipe contou mais uma vez com Cássio, que fez uma defesa à queima roupa para evitar o empate.

Apesar disso, o Corinthians reagiu e conseguiu aumentar a vantagem. Em jogada de escanteio, Giovanni Augusto cobrou e Yago cabeceou uma bola indefensável, aumentando o placar e praticamente sacramentando a vitória corinthiana.

Antes do apito final, Romero ainda entrou em campo substituindo Giovanni Augusto, mas o placar não mudou. Com o resultado, o Corinthians segue 100% em 2016 e mais uma vez cala os críticos da equipe após a saída dos medalhões.

A próxima partida do Corinthians será na quarta-feira, dia 17. O Timão enfrenta o Cobresal, em El Salvador, na estreia da Copa Libertadores da América.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e São Paulo

  • 1000 caracteres restantes