Pra lucrar com o Timão, Ferroviária cede 50% dos ingressos para torcida corinthiana

Pra lucrar com o Timão, Ferroviária cede 50% dos ingressos para torcida corinthiana

Por Meu Timão

A Arena da Fonte Luminosa recebe a partida entre Ferroviária e Corinthians

A Arena da Fonte Luminosa recebe a partida entre Ferroviária e Corinthians

Foto: Reprodução

A diretoria do Ferroviária aposta na presença de uma grande número de torcedores do Timão na região de Araraquara, e com isso decidiu dividir ao meio o público em seu estádio. A partida, válida pela 5a rodada do Campeonato Paulista, marcada para o próximo domingo, às 19h30, acontecerá na Arena da Fonte Luminosa com 50% de cadeiras disponíveis para Fiel.

Os ingressos para a partida entre as duas equipes, marcada para o próximo domingo, começam a ser vendidos nesta terça-feira; preços variam entre R$ 50 e R$ 100. Com grandes chances de lotar a Arena, o Ferroviária vai garantir o lucro nas bilheterias em cima do Timão, além de proporcionar a possibilidade de uma maior festa alvinegra, em caso de vitória.

O Timão vem embalado no torneio após derrotar o São Paulo em clássico disputado na Arena Corinthians. Com 100% de aproveitamento encara a equipe de Araraquara, líder do grupo C, com nove pontos - com três vitórias e uma derrota na competição.

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes