Para Tite, equipe do Corinthians manteve DNA apesar do desmanche

Para Tite, equipe do Corinthians manteve DNA apesar do desmanche

Por Meu Timão

4.2 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Sob comando de Tite, Timão entra na briga pela Libertadores 2016, nesta quarta

Sob comando de Tite, Timão entra na briga pela Libertadores 2016, nesta quarta

Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

Apesar do desmanche do elenco campeão brasileiro no início da temporada 2016, que levou mais de seis titulares da equipe, o comandante do Corinthians, Tite, segue confiante no crescimento do 'novo' time durante o ano de trabalho. Com seis partidas já disputadas, o treinador alvinegro afirmou, entrevista à TV Globo, que vê uma boa manutenção e acredita na retomada de desempenho da equipe:

" O primeiro tempo com o Audax foi muito bom. É a equipe mantendo o DNA do ano passado e criando uma oportunidade de gol com o Lucca em que nós temos 40 toques na bola. Então, ela tem ainda uma mecânica, e a vinda desses reforços para que o time possa entrosar. Manter esse nível de desempenho, mentalmente ser muito forte. Nível de concentração alto. E aí com o nível de concentração alto, você consegue reproduzir mais facilmente a tua qualidade técnica, o aspecto físico que vai estar melhor, e o aspecto tático que ainda existe em função dos atletas que estavam no ano passado", afirmou.

Reconhecido na última temporada, sob o comando do Timão, como restaurador de equipes, Tite é tido pela maioria dos torcedores como o protagonista da salvação do ano do clube. Apesar de perder grandes nomes, como Guerrero e Emerson Sheik, o treinador garantiu um padrão de alto nível para equipe no início de 2015, além de bater sagrar-se campeão brasileiro no segundo semestre. Mesmo com tamanha responsabilidade, o comandante faz questão de dividir todo mérito e cobranças com os atletas e companheiros de comissão.

"É um desafio profissional meu, dos atletas de crescimento, da estrutura do Corinthians, dos seus dirigentes. Eu tenho de ser verdadeiro, autêntico, eu não consigo encarar a verdade, a minha realidade com otimismo. Vender uma ilusão. Vamos ser realistas com um enfoque otimista da coisa. Eu coloquei: "presidente, eu tenho no primeiro semestre um ponto de interrogação o quanto essa equipe pode crescer". O que a gente vai fazer é trabalhar muito pra que essas etapas aconteçam o mais rápido possível", concluiu o técnico corinthiano.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fagner não conseguiu estufar as redes do Barradão nesta quarta

    Corinthians aposta na defesa, sai ileso do Barradão e segue vivo na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Ralf deixou campo aos prantos no Barradão

    Ralf sofre luxação no Corinthians, e cirurgia não está descartada

    ver detalhes
  • Jadson teve atuação aquém na estreia do Corinthians na Copa do Brasil

    Jadson, Clayson, Carille... Empate em Salvador rende notas vermelhas a corinthianos

    ver detalhes
  • Roger vai viajar a Belo Horizonte

    Treinador do Corinthians confirma Roger na viagem a Belo Horizonte, mas faz uma ressalva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes